Regresso a Casa – Deborah Smith [Opinião]

39864033.jpgOpinião:

Olá malta! Tenho andado desaparecida mas é que o tempo tem sido muito pouco e aliado a isso estive bastante doente com uma forte constipação. Mas estou de volta com novas opiniões e hoje vou falar-vos do mais recente livro da Deborah Smith publicado em Portugal.

Neste “Regresso a casa” de uma das minhas autoras favoritas, com muita pena minha, não senti de todo este regresso a casa. Não reconheci neste livro a autora que eu tanto gosto, mas já lá vamos.

Neste livro conhecemos Ursula que cresceu numa pequena cidade de Georgia. Com uma infância atribulada, logo que a oportunidade se proporcionou mudou de cidade e cortou relações com o pai. Mas ao saber da morte do pai, não tem outra hipótese sem ser voltar para casa e enfrentar os demónios do passado. Por outro lado conhecemos Quentin, filho de um artista que luta pelo reconhecimento. Quando o seu pai morre, Quentin parte em busca da mais querida obra de arte do seu pai, um urso que o pai de Ursula tinha adquirido. É assim que estes dois se conhecem e é assim que as suas vidas acabam por se entrelaçar…

Este livro tinha tudo para ser espectacular, mas infelizmente não foi. Grande parte do livro conta a história das infâncias de Ursula e de Quentin. Até aqui tudo bem, gostei bastante desta parte, aliás foi a minha favorita. Mas depois, quando chega a parte em que eles se encontram foi quando o livro começou a correr mal, pelo menos para mim. Não gostei dos motivos, pareceram-me super forçados, a relação deles não teve “pica” nenhuma, não havia qualquer tipo de química! Fiquei mesmo muito desiludida e só chegou a um ponto em que eu queria chegar ao final.

Fiquei triste porque eu adoro esta autora e como referi em cima estava mesmo a gostar da parte inicial do livro quando conhecemos os protagonistas na infância. O livro tem os seus pontos fortes claro, a autora explora muito bem a forma como estes personagens encaram a vida em criança e como isto lhes proporcionou uma forma diferente de ver a vida e até alterou os rumos das suas vidas. Mas depois acaba por desiludir…

No entanto, e mesmo assim, dei 3 estrelas ao livro, primeiro porque adoro a autora e o livro tem o seu valor e também porque não quero que desistam dela, apenas não comecem por este! Tem outros muito bons, como A doçura da chuva e Segredos do Passado que é o meu favorito.

3*

Sinopse:

Ursula Powell acaba de regressar à pequena cidade da Georgia onde nasceu e passou a infância ao saber da morte súbita do pai, com quem há muitos anos cortou relações. Porém, e apesar das décadas de ausência, o destino arranjou maneira de a pôr frente a frente com os fantasmas que deixou para trás, nomeadamente a estranha escultura de ferro encomendada a um desconhecido artista nova-iorquino e que toda a vida ela culpou pelos males que se abateram sobre a sua família. Mal ela sabe que essa peça vale agora uma autêntica fortuna e que o filho do escultor, Quentin Riconni, tudo fará para a readquirir.

Das paisagens acidentadas dos Apalaches aos ateliers de Brooklyn, duas pessoas que o destino se encarregou de juntar e cujo encontro mudará para sempre a vida de ambos, lançando uma nova luz sobre o passado e revelando o verdadeiro poder do amor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s