O Casal do Lado – Shari Lapena [Opinião]

35293255.jpg

Opinião:

O casal do lado foi um livro que despertou desde logo a minha atenção. Com a premissa de um bebé desaparecido previa-se um livro emocionante e assim foi.

O livro começa com o casal a jantar na casa dos vizinhos e desde logo é visível a tensão existente. Todos beberam mais do que deviam e Anne começa a se sentir mal, principalmente porque sabe que Cynthia, a sua vizinha está descaradamente a dar em cima do marido.

É quando vão para casa e se apercebem que a filha já não se encontra no berço que tudo começa a descarrilar. A polícia é chamada ao local e é quando tudo começa a se desenrolar a uma velocidade alucinante. Para o detective encarregue do caso, todos são suspeitos, incluindo os pais da criança.

E para o leitor? De quem suspeitará? Confesso que eu tive imensas dúvidas e não conseguia perceber quem poderia ser o causador do rapto. Só nos últimos capítulos é que as minhas desconfianças foram aumentando.

Adorei esta leitura por vários motivos. A premissa é super interessante, a escrita é fluída e os capítulos curtos fazem com que seja uma leitura bastante rápida. Criei imensa empatia com Anne mas criei imenso rancor para com Marco, que marido miserável. No geral, foi um livro fantástico e que eu recomendo para quem goste de thrillers psicológicos!

4*

Sinopse:

Cynthia disse a Anne que não levasse a filha Cora, a bebé de seis meses, para sua casa na noite do jantar para que ela e o marido Marco tinham sido convidados. Não era nada de pessoal. Ela simplesmente não suportava o choro de crianças. Marco não se opõe. Afinal, eles vivem no apartamento do lado. Têm consigo o intercomunicador e irão alternadamente, de meia em meia hora, ver como está a filha.

Cora dormia da última vez que Anne a tinha ido ver. Mas, ao subir as escadas da casa em silêncio, ela depara-se com a imagem que sempre a aterrorizou. a menina desapareceu. Anne nunca tivera de chamar a polícia, antes disso. Mas agora eles estão lá, e quem sabe o que irão descobrir… do que seremos capazes, quando levados além dos nossos limites?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s