A Submissão de Lily – Monica Murphy [Opinião]

34200003.jpg

Opinião:

A submissão de Lily é o terceiro livro de uma série que conta a história das irmãs Fowler, herdeiras de um império de cosmética.

Lily é a “ovelha negra” da família. Não segue as regras da família e só faz aquilo que lhe apetece. Não se importa se os paparazi andam por perto. Bebe, fuma e até consome droga. Até ao dia em que sente que a sua vida não tem mais sentido e já nada a faz feliz. Tudo piora quando descobre que a namorada do pai está a traí-lo. Infelizmente a relação de Lily com o pai é péssima e tudo o que ela lhe diz é desvalorizado… Lily assustada foge para o Havai com as provas que culpabilizam a sua “madrasta”…é lá que conhece Max Coleman, um homem completamente diferente aos que está habituada a socializar…

Gosto bastante desta autora porque além do romance entre os protagonistas, sabe criar um enredo que promove a curiosidade do leitor deixando-o ansioso para chegar ao final. Neste livro encontramos também uma história repleta de sensualismo e erotismo que certamente irá cativar as fãs deste género. Os protagonistas combinam e consegue-se perfeitamente sentir a química entre eles. A escrita da autora é simples o que faz com que esta seja uma leitura voraz e até intensa.

Foi engraçado perceber como a autora criou um personagem masculino que não combinava com Lily e fez com que acabasse por funcionar na perfeição. Lily é uma personagem extremamente carente de afecto. Sente-se abandonada pelos pais e por isso acaba por ser muito sensível, o que faz com que seja fácil para o leitor criar empatia com ela. Max acaba por ser aquela pessoa que lhe dá amor, carinho e que a faz sentir segura num momento de extrema tensão.

Adorei esta série e vou sentir falta das irmãs Fowler!

4*

Sinopse:

Qual é a grande obsessão de Lily Fowler?

Cresci com as acusações de ser a mais irresponsável de todas as irmãs, de ser uma tresloucada que garante capas de revistas escabrosas e envergonha toda a família, de ser aquela mulher fogosa e sensual com que nenhum homem quer casar.

A verdade é que me limito a viver cada dia como se fosse o último, procurando respeitar o nome Fowler, mas não deixando de aproveitar a vida. Sou jovem, bonita, poderosa, tenho todo o direito a ser feliz. Se me falta encontrar o amor que as minhas irmãs Violet e Rose encontraram? Talvez, mas não o procuro.

E, certamente, não esperava que a minha viagem ao Havai mudasse tudo. Max Coleman não é apenas um deus do sexo, como nunca conheci antes, ele é um homem-mistério. É a maior obsessão que já tive, com ele perco o controlo.

O amor não respeita regras e mesmo a mulher mais independente pode ser descontroladamente submissa quando apaixonada.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s