De amor e sangue – Lesley Pearse [Opinião]

26165996

Opinião:

Lesley Pearse é daquelas autoras que sabemos que não nos desilude e quando saí um livro novo, queremos logo adquiri-lo.

De amor e sangue conta a história de vida de Hope, uma jovem que nasce de uma relação proibida. Por ter nascido nestas circunstâncias, Hope foi criada por uma família pobre e humilde, sem nunca saber as suas verdadeiras origens. O livro conta a história desde o momento do seu nascimento até Hope ser já uma adulta.

A vida deu muitas voltas e levou Hope por caminhos tortuosos e inesperados, mas no meio da fealdade, Hope que é uma jovem inteligente, forte e lutadora, conseguiu ultrapassar as adversidades e encontrar um rumo para a sua vida. 

Até os seus 17 anos Hope trabalhou com a sua irmã Nell na casa da sua verdadeira mãe sem nada saber, mas depois de um dia fatídico que tem de desaparecer, a vida de Hope torna-se num inferno e muita acontece. Desde viver na maior pobreza, até tornar-se enfermeira…mas eu não quero desvendar muito mais.

No entanto, posso dizer-vos que neste livro podem esperar muitas descrições, irão poder conhecer a vida das pessoas do estrato social mais baixo de Inglaterra no séc. XIX. A autora aborda igualmente a Guerra da Crimeia e conta como foi viver esses horrores. Para quem não sabe a Guerra da Crimeia foi o confronto entre Inglaterra, França, o Reino da Sardenha e o Império da Turquia contra o Império Russo e as suas ambições de aumentarem as suas terras. A autora fala das batalhas mais famosas, como a do Rio Alma e de Balaclava e conta os horrores que se passou naqueles meses.

O livro tem romance, mas não foi esse o foco principal do livro, muito pelo contrário. O leitor irá encontrar neste livro uma protagonista inteligente e muito forte que comandará a sua vida durante uns anos em que não era fácil ser mulher. Fiquei surpreendida positivamente com este livro e não posso deixar de recomendar a sua leitura. Um livro magnifico que nos leva pelos meandros de uma Inglaterra quase irreconhecível.

Adorei.

4.5*

Sinopse:

Há laços que nunca se quebram.

Somerset, 1836.

A recém-nascida Hope é a prova viva do adultério da mãe, a aristocrata Lady Harvey. A sua chegada a este mundo não é festejada e as lágrimas em seu redor não são de alegria. Imediatamente arrancada àquele meio privilegiado e entregue nas mãos dos Renton, uma família pobre mas acolhedora, Hope cresce sem saber a verdade sobre as suas origens. E quando chega o dia em que também ela tem de começar a contribuir para o sustento da família, é precisamente para os Harvey que trabalha. Deslumbrada perante a mansão luxuosa, a elegância dos seus patrões e a beleza que os rodeia, Hope enfrenta com brio e gratidão a extenuante rotina de trabalho.

Mas a descoberta de uma ligação proibida vai lançá-la sozinha para as ruas, para uma vida de miséria e solidão. É na adversidade, porém, que descobre uma força interior que desconhecia, bem como um talento para ajudar os mais fracos. Trata-se de um dom que não passa despercebido ao Dr. Bennett, que a leva consigo para a Crimeia, para ajudar a tratar dos feridos vindos dos sangrentos campos de batalha. Mas os segredos do passado teimam em vir ao de cima, e Hope tem ainda um longo caminho a percorrer na tentativa de enfrentar o legado do seu nascimento.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s