A Rapariga de Olhos Azuis – Tara Moore [Opinião]

17936908.jpg

Opinião:
A rapariga de olhos azuis é um livro que eu já tinha há imenso tempo na minha estante à espera de ser lido. Recentemente arrumei a minha estante e coloquei de um lado os livros que já li, coloquei do outro lado todos os livros que ainda não li e retirei vários para oferecer e alguns para vender. Depois de ver que são muitos os livros que tenho por ler decidi começar a ler um livro antigo e um livro recebido recentemente. Daí a minha escolha de ter lido este livro.

Infelizmente o livro não foi bem o que eu estava à espera. Primeiro achei a história muito confusa e com muita descrição. Foram muitas as vezes que saltei capítulos. Depois tive imensa dificuldade em criar empatia com os protagonistas. Ambos queriam coisas e não eram decididos nem tomavam uma atitude corajosa a respeito do que queriam.

A sinopse não tem nada a ver com o livro…vamos com uma percepção que aquele pedido de casamento poderá influenciar de alguma forma a vida de Anya…mas a meu ver nem faz sentido nenhum.

No geral achei a história fraca e nada surpreendente. Confesso que quando classifiquei o livro dei 3 estrelas no goodreads mas depois de pensar bem decidi dar apenas 2 estrelas. Tenho mais um livro da autora para ler mas já fiquei desmotivada.

Sinopse:

Anya Keating adora seu trabalho como assistente de Macdara Fitzgerald, dono da deslumbrante propriedade Lismore e dos seus cavalos de corrida. Macdara é um patrão indulgente e generoso e Anya tem muito carinho por ele. Mas quando Macdara a pede precipitadamente em casamento, a amizade de ambos – e a posição dela – fica ameaçada, e Anya sente-se dividida entre a sua lealdade para com Macdara e os seus sentimentos pelo neto dele, Fergal, o belo treinador de cavalos. Eis que aparece Orla Fitzgerald, neta distante de Macdara. Orla pode ter deixado Lismore em criança, mas voltou uma mulher sofisticada e bonita. Tão bonita, de facto, que a maioria dos homens ficam encantados por ela – e Anya vê com crescente apreensão enquanto Orla tecer a sua magia em redor de Fergal. No entanto, Orla pode não ser a rapariga de olhos azuis que os outros julgam. Há mistérios sombrios na vida da propriedade. O passado de Orla contém uma tragédia, e ela está determinada a reivindicar o seu direito de primogenitura, independentemente de quem se atravessar no seu caminho.

Anúncios

2 thoughts on “A Rapariga de Olhos Azuis – Tara Moore [Opinião]

  1. Carolina diz:

    A sinopse realmente até chama a atenção, mas é uma pena que a história não seja tão boa quanto parece… Foi algo que também me aconteceu com “Anexos” de Rainbow Rowell, infelizmente!

    Beijinhos,
    Carolina – leiturasdacarolina.blogspot.pt

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s