A Noiva do Marquês – Tessa Dare [Opinião]

26852052

Opinião:

A noiva do marquês foi o segundo livro publicado desta autora em Portugal mas foi o último que eu li. Dos três livros para mim este foi sem dúvida o melhor. A história está na mesma base que as outras, homem lindo apaixona-se por rapariga e por aí adiante. No entanto, ao contrário dos outros acho este mais engraçado já que fez-me rir mais vezes por as personagens são mais hilariantes e Clio é uma jovem mais destemida e voluntariosa que as outras protagonistas.

Neste livro conhecemos uma jovem, Clio, que está prometida ao Marquês de Granville há oito anos mas nada de casamento…Clio como seria de esperar fica um pouco desesperada para ter a sua própria liberdade e para que deixem de falar dela. Para isso só tem de falar com o seu futuro cunhado para que este assine os papéis no nome do seu irmão e assim ela finalmente terá a liberdade pretendida. Ainda por cima, recentemente recebeu um castelo de herança o que torna tudo perfeito porque conseguirá sustentar-se a si própria através do rendimento que o castelo lhe dará. Mas não é assim tão fácil como parece porque Rafe (o cunhado) decide fazê-la mudar de ideias.

Não tenho muito a dizer deste livro, além do que já disse. As personagens são super engraçadas e a relação entre Clio e Rafe é fantástica, com muita química e atração. Enquanto leitora senti logo empatia pelos protagonistas principais e esperava que tudo corresse bem com eles. É um livro que se lê muito bem e em poucas horas. Ideal para ler num fim-de-semana ou durante a semana para ajudar a aliviar o stress. Mas como já referi, este foi o meu preferido dos três. Diverti-me imenso e esta é sem dúvida uma autora que eu quero continuar a seguir.

5*

Sinopse:
Ela tinha tudo o que uma donzela da sua posição podia querer: era linda e estava noiva do solteiro mais cobiçado da cidade. Um longo e desesperante noivado, porém, levou-a a querer romper o compromisso e a tomar as rédeas da sua vida.
Clio Whitmore está noiva do Marquês de Granville há oito anos, mas ele está sempre ausente no estrangeiro, levando-a ao desespero por não se sentir desejada. Quando Clio herda um castelo que lhe proporciona independência financeira, decide romper o noivado e iniciar uma nova vida. Para tal, ela terá de convencer Rafe, irmão e procurador do Marquês, a aceitar o fim do noivado. Mas Rafe tem planos para a fazer mudar de ideias, organizando-lhe um casamento de sonho…
Ele começa com flores. Um casamento nunca tem flores suficientes… Ele diz-lhe que ela dará uma belíssima noiva… e tenta não imaginá-la como sua.
Como conseguirá Rafe convencer Clio a casar-se sem se deixar vencer pelos sentimentos que crescem dentro dele, e que são a cada dia mais fortes?
Ele não irá apaixonar-se pela única mulher que nunca poderá beijar nem dizer ser sua. Ou irá?

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s