Flores – Afonso Cruz [Opinião]

26219892

Opinião:

“Flores” foi a minha estreia com o tão sobejamente conhecido escritor português Afonso Cruz. Neste comovente livro o autor conta a história de um homem comum, casado e com uma filha. Conta como os seus dias são iguais e como isso o transtorna. Para tentar fugir à rotina traí a mulher com uma colega de trabalho, mas repentinamente tudo muda quando a sua filha que é menor assiste a uma das traições. Neste percurso começa a relacionar-se mais com o seu vizinho, o Sr. Ulme que devido a uma doença esqueceu todo o seu passado. O Sr. Ulme é fascinante porque sofre desmedidamente pelas notícias que transbordam todos os dias pelos canais televisivos e pelos jornais.

Juntos vão tentar descobrir o passado do Sr. Ulme para que assim este possa passar a sua velhice em paz e com mais sossego. Mas quando se parte em busca de um passado temos que estar preparados não apenas para receber só boas notícias mas também factos perturbadores.

É verdade que cada pessoa faz a sua própria leitura de cada livro e no meu caso a mensagem mais importante que este livro me transmitiu foi a importância das nossas memórias para a construção da nossa personalidade, e de como a forma como os outros nos veem influencia a nossa vida. Ou seja, o que os outros acham de nós e como isso influencia o nosso dia a dia.

Gostei bastante livro e no fundo achei-o simples mas com uma mensagem importante: como é que somos para os outros, como nos damos a eles e como é que eles nos veem. Foi uma boa estreia e despertou-me a curiosidade para ler mais deste autor.

4*

Sinopse:
Um homem sofre desmesuradamente com as notícias que lê nos jornais, com todas as tragédias humanas a que assiste. Um dia depara-se com o facto de não se lembrar do seu primeiro beijo, dos jogos de bola nas ruas da aldeia ou de ver uma mulher nua. Outro homem, seu vizinho, passa bem com as desgraças do mundo, mas perde a cabeça quando vê um chapéu pousado no lugar errado. Contudo, talvez por se lembrar bem da magia do primeiro beijo – e constatar o quanto a sua vida se afastou dela – decide ajudar o vizinho a recuperar todas as memórias perdidas. Uma história inquietante sobre a memória e o que resta de nós quando a perdemos.

Um romance comovente sobre o amor e o que este precisa de ser para merecer esse nome.
«Viver não tem nada a ver com isso que as pessoas fazem todos os dias, viver é precisamente o oposto, é aquilo que não fazemos todos os dias.»

Anúncios

One thought on “Flores – Afonso Cruz [Opinião]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s