Eu, o Earl e a tal Miúda – Jesse Andrews [Opinião]

 

9789898086679Opinião:

Eu, o Earl e a tal Miúda não é um livro sobre cancro. Esta é uma das frases que mais se ouve antes de começar a ler esta leitura e eu não podia concordar mais. Ao contrário dos livros que pelos vistos estão muito na moda, de retratar o cancro de uma forma um pouco romanceada e por vezes até um pouco irrealista, este livro é muito mais sincero.

Neste livro conhecemos Greg, Earl e Rachel. Greg e Earl são amigos e depois de algum tempo tornam-se amigos de Rachel, já que a mãe de Greg pede-lhe que a vá visitar e que seja seu amigo já que lhe foi diagnosticada leucemia.

No início confesso que pensei que me esperava mais um livro lamechas, mas estava muito enganada, já que este é um livro muito divertido e muito fácil de ler. Ao longo das páginas o autor vai retratando um lado muito divertido de encarar a vida. Greg é um adolescente um pouco trapalhão e supostamente (segundo ele) não é nada talentoso, apesar de adorar fazer filmes.

Vamos sendo sempre surpreendidos com diálogos divertidos, porque Greg sem se aperceber tem as tiradas mais estranhas de sempre, o que faz com que todos à sua volta lhe achem imensa piada (apesar de muitas vezes o objetivo não era ser engraçado).

Gostei muito de ler este livro, principalmente por ser um tipo de livro que fala sobre um tema pesado de uma forma mais simples e descontraída e que é perfeito no fundo para retratar a vida tal como ela é. Acho que todos os adolescentes vão adorar este livro. No fim, apesar de tudo, derramei algumas lágrimas devido a uma reação inesperada de Greg. Vale a pena ler.

Sinopse:
O mais divertido livro sobre a morte que os jovens alguma vez vão ler.

Esta é a história criativa e comovente de Greg, um finalista do secundário cujo único objetivo é manter-se completamente anónimo e evitar quaisquer relações profundas.

Para ele, essa é a melhor estratégia de sobrevivência no verdadeiro campo de minas social que é a vida de um adolescente. Juntamente com Earl, Greg faz curtas-metragens parodiando filmes clássicos, o que os torna mais colegas de trabalho do que propriamente amigos.

Tudo corria bem até ao dia em que a mãe de Greg insiste com ele para passar algum tempo com Rachel, uma miúda da sua turma que acabou de ser diagnosticada com cancro. Lentamente, Greg descobre que um pouco de amizade não faz mal a ninguém.

Tão tocante quanto divertido, o livro de estreia de Jesse Andrews inspirou o filme aplaudido pela crítica e duplamente premiado no prestigiado Festival de Cinema de Sundance 2015. Uma história capaz de partir o coração sem roubar uma só gargalhada.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s