Dominadas – Sylvia Day [Opinião]

18851494_5QsRc

Opinião:

Sylvia Day é uma autora já conhecida do público português na área do romance erótico e ultimamente no gênero romance histórico/erótico. Neste novo romance a autora escreveu 3 contos sendo algumas personagens recorrentes entre eles.

Os 3 contos têm entre eles algumas semelhanças. Os 3 homens não procuram necessariamente uma esposa mas quando uma mulher surge inesperadamente na vida deles, todos eles sentem-se irremediavelmente atraídos por elas.

Por serem contos, as histórias acabam por ser curtas e o desenvolvimento ser bastante rápido mas apesar disso o leitor sente-se integrado nas histórias e até existe um certo grau de exploração das personagens. O meu conto favorito foi a A aposto de Lucien, não apenas pelo tema em si mas pela personagem principal que mostrou ser bastante forte e destemida não temendo ir atrás daquilo que queria para a sua vida.

Este livro tem a vantagem de não ter de ser lido continuamente já que o podemos intercalar com outros livros quando um dos contos termina. Nunca tinha lido um livro que fosse uma compilação de contos como este e foi uma experiência que muito me agradou.

Este livro enquadra-se no gênero romance histórico/erótico e os leitores que gostarem destes dois gêneros vão sem dúvida adorar este livro. O erotismo está bem presente em todas as suas páginas e certamente farão corar os leitores mais tímidos. Foi uma leitura agradável e divertida.

Não posso deixar de dar um ponto positivo para o design da capa já que este azul escolhido é lindíssimo e foi uma agradável surpresa já que estava a começar a ficar enjoada dos rosas e vermelhos.

Sinopse:
Dominadas é composto por três deliciosos e escandalosos contos. Cada história é focada na luta de um homem para encontrar o amor da sua vida. Em «Prazeres Roubados», o primeiro conto, Sebastian Blake, conde de Merrick, fugiu há muito das responsabilidades do seu título para se tornar um infame pirata, conhecido como capitão Phoenix. No entanto, começa a questionar as suas escolhas quando conhece a sua mulher: o casamento de ambos foi oficializado por meio de uma procuração e ele deseja não só consumá-lo, como também torná-lo uma união verdadeira.

O segundo conto, «A Aposta de Lucien», apresenta Lucien, um libertino imoral que consegue sempre o quer, menos a intocável e desejada Lady Julienne La Coeur. Quando a jovem se vê dentro do quarto de Lucien, ele trava uma luta interna para afastar os pensamentos sensuais e manter a honra dela, ao mesmo tempo que deseja possuí-la (já que não foi talhado para ser um cavalheiro).

Em «A Duquesa Louca», o último conto do livro, Hugh La Coeur sofre um acidente na estrada e procura refúgio na sinistra mansão da «duquesa louca». Isto seria bastante desagradável não fosse a companhia de Charlotte, uma das empregadas da duquesa. Hugh sabe que ela esconde segredos terríveis, mas a sua companhia na cama durante noites a fio vale todos os perigos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s