Um Marquês Irresistível – Sarah MacLean [Opinião]

25781644

Opinião:

Romances de época são sem dúvidas dos meus livros favoritos, fazem parte daquele gênero que eu tenho a certeza que nunca deixarei de ler. Um marquês irresistível foi a minha estreia com esta autora e foi realmente uma estreia maravilhosa. Comecei o livro com expectativas altas já que indicavam que este tinha ganho o Prémio Rita para melhor romance histórico de 2013.

Nesta história conhecemos o Marquês de Bourne que perdeu tudo quando era um jovem orgulhoso e que devido a esse acontecimento tornou-se um homem duro e frio. Querendo recuperar tudo o que perdeu vai fazer TUDO o que tiver ao seu alcance. Quando descobre que as suas terras, numa reviravolta inesperada vão parar às mãos de Penelope, uma sua amiga de infância decide que está na hora de colocar mãos à obra. Rapta Penelope e força-a a casar consigo…no entanto para que Penelope não está assim tão chateada pelos últimos desenvolvimentos na sua vida.

Creio que o que me cativou profundamente neste livro foi o desenvolvimento dado às personagens e a ligação existente entre eles desde crianças. Bourne como seria de esperar é um personagem complexo e despreparado para a nova vida em sociedade (viveu durante anos afastado da elite social) e Penelope é uma mulher fascinante já que tem muita liberdade para a época em que vivia assim como é uma mulher inteligente e curiosa em relação à vida e às suas ambições.

Com um trama interessante e até um pouco complexo a nível psicológico este é sem dúvida um livro a ser lido. Não apenas pelo romance em si mas pelo desenvolvimento e evolução que a autora presenteia ao leitor dos personagens. Adorei este livro e mal posso esperar pelo segundo!

4.5

Sinopse:
PRÉMIO RITA – MELHOR ROMANCE HISTÓRICO 2013

O Michael, Marquês de Bourne, perdeu tudo o que tinha, com uma só carta: um oito de ouros. Apostou e perdeu toda a sua fortuna e terras numa só jogada e, com elas, a sua reputação. Bourne, nome pelo qual todos agora o conhecem, passou a ser um exilado da sociedade, transformando-se no frio e implacável dono do Anjo Caído, o clube de jogo mais famoso de Londres. Mas ele tudo fará para recuperar o que foi seu.
As terras de Bourne acabam por ir parar à posse de Penelope, uma sua paixão de infância. Penelope sofreu a humilhação de um noivado rompido, tendo sido trocada por outra mulher. Por isso deseja agora um casamento que não seja igual a todos os outros: um compromisso por conveniência.
Quando Bourne a rapta e a força a casar- se com ele para poder reaver as suas terras, Penelope aceita sem grandes dramas o desafio, pois sente-se atraída para uma relação diferente, que lhe permita aceder a prazeres inexplorados. Bourne é a senha de acesso aos prazeres desconhecidos por que Penelope anseia. Mas ao mesmo tempo o seu coração deseja que Bourne a ame, tal como ela o ama, secretamente, a ele. Será que Bourne vai conseguir ultrapassar as marcas e os fantasmas do passado e revelar a Penelope o que realmente sente? E estará Penelope à altura do submundo do vício e do pecado em que Bourne agora vive?

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s