Segredos Obscuros – Hjorth e Hans Rosenfeldt [Opinião]

25775291

Opinião:

Segredos Obscuros é um policial escrito por uma dupla de escritores nórdicos: Hjorth e Rosenfeldt. Com um design de capa sensacional atraí logo os leitores prevendo muitos segredos. Neste livro conhecemos Sebastian Bergman, um psicólogo que trabalhava como profiler para a polícia e que era muito famoso por ser um especialista em serial killers.

Quando Roger, um jovem é assassinado de uma forma cruel e macabra Sebastian sente novamente o impulso de trabalhar com a polícia para ajudar a desvendar o assassino. O início do livro é algo lento e precisamos de um punhado de páginas para podermos entrar bem na narrativa. Logo que se passa esta primeira fase, Segredos Obscuros é um policial que prende o leitor.

Tentamos várias vezes perceber quem será o assassino e quais os seus motivos, no entanto, não é nada fácil porque uma das coisas que mais me surpreendeu em toda a narrativa foi a forma como os autores souberam esconder isso dos leitores.

Sebastian é o personagem mais fascinante para mim porque é um homem complexo e muito amargurado com a vida. Procura sexo em cada esquina e aproveita todas as oportunidades que lhe aparece para desta forma tentar compensar o facto de ter perdido a sua mulher e a filha no tsunami do continente indiano.

Este livro é extenso penso que principalmente pela quantidade elevada de personagens que são descritas e que de alguma forma estão relacionadas com o assassinato do jovem Roger de 16 anos. Umas mais interessantes que outras mas todas elas no final acabam por se compor e por se interligar.

Apesar de para mim esta ter sido uma leitura morosa, principalmente porque praticamente este livro é a minha estreia com policiais nórdicos, foi uma leitura que me deu muito prazer. Espero poder continuar a seguir as histórias de Bergman.

3.5

Sinopse:
Sebastian Bergman é um homem à deriva.
Psicólogo de formação, trabalhava como profiler para a polícia e era um dos grandes especialistas do país em serial killers. Perdeu tudo quando o tsunami no continente indiano lhe levou a mulher e a filha.
Tudo muda com uma chamada para a polícia.
Um rapaz de dezasseis anos, Roger Eriksson, desapareceu na cidade de Västerås. Organiza-se uma busca e um grupo de jovens escuteiros faz uma descoberta macabra no meio de um pântano: Roger está morto e falta-lhe o coração.
É o momento de Sebastian se confrontar com um mundo que conhece demasiado bem.
O Departamento de Investigação Criminal pede ajuda a Sebastian. Os modos bruscos e revoltados de Sebastian não impedem a investigação de avançar. E as descobertas sobre a escola que Roger frequentava são aterradoras.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s