Incontrolável – Sylvia Day [Opinião]

Incontrolável

Opinião:

Sylvia Day cada vez mais faz furor em Portugal. Conhecida pelos seus livros eróticos, Incontrolável não fica atrás nesta categoria já que é mais um livro em que ao longo das suas páginas o leitor é presenteado com várias cenas eróticas.

Tenho de confessar que das duas séries que li desta autora esta é sem dúvida a minha favorita, não apenas pelo conteúdo mas principalmente por se tratar de romances de época/históricos. Na minha opinião, a autora tem realmente muita apetência para escrever romances que se passam nesta época. É visível o cuidado que teve ao longo de todo o livro com os pormenores históricos.

E novamente nesta história, tal como na anterior, os protagonistas não podiam ser mais diferentes do habitual. Lady Pelham é de facto uma mulher que não se rege pelas convenções da época e desafia tudo e todos ao ter mais do que um amante depois do seu marido falecer. Depois de ter sido bastante infeliz no seu casamento, decide que o seu coração não se abrirá mais para um novo amor. Mas a vida tem sempre muitas surpresas não é verdade?

Confesso que adorei ler este livro…as cenas eróticas estão muito bem escritas e são extremamente sensuais. Não são daquelas que queremos saltar porque são aborrecidas ou então porque parecem completamente irreais. São boas no sentido que estão bem escritas!

O único ponto negativo que tenha a dizer deste livro é que realmente quando o marquês Grayson desaparece é demasiado repentino e por muito tempo e depois quando volta acaba por acontecer a mesma coisa, tudo muito repentino.

Mas tirando este pequeno pormenor o livro é muito bom! Gostei do clima de compreensão e de mente aberta em que todo o desenvolvimento se desenrola. Vale a pena ler por ser diferente e por acabar por comover o leitor. É uma história de amor muito bonita.

4*

Sinopse:
O amor surge onde menos se espera

São o casal mais escandaloso de Londres. Isabel, Lady Pelham, e Gerard Faulkner, marquês de Grayson, são iguais em tudo: nos seus apetites sexuais, nos seus amantes constantes, na sua inteligência, nas reputações provocadoras e na recusa absoluta de arruinar o seu casamento de conveniência apaixonando-se um pelo outro. Isabel sabe que um rapaz tão encantador jamais lhe interessará e que nunca conseguirá influenciar o coração de libertino dele. É uma farsa muito agradável… até que uma surpreendente reviravolta tira Gerard do seu lado.
Agora, quatro anos mais tarde, Gerard regressou a casa para junto de Isabel. Porém, o homem despreocupado e travesso que partiu foi substituído por um homem taciturno, poderoso e irresistível que está decidido a empregar a sedução para conseguir o seu afeto. Desapareceu o companheiro despreocupado que partilhava a sua amizade e nada mais, e no seu lugar está a própria tentação… um marido que deseja o corpo e a alma de Isabel, e que não se deterá diante nada para conquistar o seu amor. Não, este não é o homem com que se casou. Mas é o homem que pode por fim roubar-lhe o coração…

Anúncios

Só se ama uma vez – Johanna Lindsey [Opinião]

???????????????

Opinião:

Fiquei completamente fascinada com este livro! É mesmo lindo e vale a pena ler! Os Malory vieram sem dúvida conquistar os leitores portugueses. Quando acabei esta leitura só pensava nos próximos volumes desta série. Quando será que irão ser publicados? Espero que não demorem muito.

É verdade que sou suspeita no que diz respeito aos romances de época/históricos porque são sem dúvida das leituras que mais me dão prazer. Mas depois de ter lido vários dentro deste género começo a me tornar cada vez mais exigente e não são todos os que me conquistam. Aliás, muitos deles começam por se tornar aborrecidos porque as histórias são sempre muito parecidas.

Neste livro isso não acontece. Os protagonistas não são nada habituais e gostei bastante do personagem masculino não ficar logo apaixonado pela personagem feminina como é hábito acontecer. Aliás, ele até fica bastante chateado com a perspetiva de se casar! É tão engraçado o seu desenvolvimento! Adorei a personagem feminina! Muito forte e com ideias determinadas e muito pouco habituais para a época em que o romance se desenrola.

E os personagens secundários? Que fofos! Adorei, adorei! Já disse que adorei? Tão fora do habitual! Lá pelo meio existe um pirata! Um pirata pelo qual o meu coração palpitou de emoção! Aiiiiiiiiii…mal vejo a hora de poder ler os próximos livros!

Recomendo esta leitura! Muito, muito boa! Vão adorar meninas!

4.5*

Sinopse:
Regina Ashton já recusou tantos pretendentes à sua mão que a alta sociedade londrina a considera uma snobe sem coração. Não podiam estar mais enganados. Órfã desde cedo, Regina é a sobrinha superprotegida de Lord Edward e Lady Charlotte Malory, a quem é muito difícil agradar. Aos olhos dos tios, nenhum dos jovens candidatos é suficientemente bom. Cansada de tão infrutífera busca, a jovem sai de casa numa noite escura, decidida a informá-los de que não pensa casar… nunca! Mas o seu plano coloca-a no sítio errado à hora errada, e é raptada por engano. A sua ira perante a arrogância do raptor, Nicholas Eden, vai inesperadamente dar lugar a sentimentos contraditórios de paixão e vergonha. Aquela noite não mais lhe sairá da cabeça.
O Visconde Nicholas Eden também tinha um plano: dar uma lição à sua amante descontente, raptando-a ao abrigo da noite. Não contava enganar-se na pessoa e arruinar a reputação de uma menina de família. Mas agora, movido pelo desejo mais desenfreado que alguma vez sentiu, é a custo que reconhece que nunca poderá casar com Regina, apesar do escândalo que paira sobre eles.
Implacável, é o destino que os uniu a afastá-los irremediavelmente, ainda que ambos saibam que um amor assim só se vive uma vez…

5 Sentidos – “Eve e as Trevas”, de Sylvia Day

Sem_T_tulo Título: Eve e as Trevas

Autor: Sylvia Day

Tradução: Cláudia Ramos

Págs: 342

Capa: mole com badanas

PVP: 16,60 €

Num mundo onde os demónios podem estar ao virar da esquina, a poderosa e sensual Eve protagoniza uma aventura vibrante, provocadora e de deixar os sentidos em brasa.

É assim Eve e as Trevas, livro de Sylvia Day que a 5 Sentidos publica a 8 de maio e que inaugura uma nova série da autora.

Líder das principais listas de vendas internacionais, Sylvia Day é autora da série Crossfire, protagonizada por Eva e Gideon. Esta coleção é composta, até ao momento, pelos livros Rendida, Refletida, Envolvida e Atraída. A 5 Sentidos também já publicou, com grande sucesso, uma outra obra da autora, intitulada Feitiço. Recentemente, os famosos estúdios Lionsgate adquiriram os diretos para adaptação à televisão da série Crossfire.

Sinopse: Para Evangeline Holis, aquilo que parecia ser apenas uma aventura com um mau rapaz acabou por se transformar num desastre de proporções bíblicas. Uma noite com o misterioso homem vestido de cabedal foi quanto bastou para a punição divina: a Marca de Caim. Presa num mundo onde os pecadores são recrutados para matar os demónios, Eve tem pouco tempo para se adaptar. Agnóstica desde sempre, ela vê-se obrigada a uma série de manobras na burocracia celestial onde passa a ser um valioso mas maltratado peão. Eve passa também a ser mais um ponto de discórdia num dos mais antigos casos de rivalidade familiar da História… Mas para já, ela está mais preocupada em matar para se manter viva e salvar a alma que nem ela própria sabia ter. Amaldiçoada por Deus, perseguida pelos demónios, desejada por Caim e Abel… tudo num só dia. Sobre a autora: Sylvia Day é autora n.º 1 nas listas de bestsellers do New York Times e bestseller internacional de cerca de 20 romances premiados e publicados em mais de 40 países. Autora de eleição para seguidores de vários géneros, é bestseller em 28 países e conta já com dezenas de milhões de livros impressos em todo o mundo. Os direitos para televisão da série Crossfire foram adquiridos pela Lionsgate.

Para mais informações aceda aqui: WOOK