VOGAIS: “As Crianças Francesas Não Fazem Birras”

unnamed (3)

O seu filho faz birras em público? Tem crises de choro à mesa e não dorme bem à noite? A hora das refeições é um suplício para ele e para si?
Pamela Druckerman tem a solução: Os segredos dos franceses para educar os filhos.

As Crianças Francesas Não fazem Birra (Vogais I 288 pp I 16,59€) já à venda em todo o país, é um livro que todos os pais, de primeira ou segunda viagem, têm de ler. Todos sabemos que não existem métodos de educação perfeitos e esta é uma discussão atual fruto do crescente número de pais que têm recorrido a pedopsiquiatras e, eles próprios, a psicólogos para saber como lidar com os filhos.

Habituada a uma educação mais permissiva nos EUA, Pamela Druckerman descobriu o admirável mundo das crianças bem comportadas, em Paris. A jornalista americana, que tem uma coluna no New York Times sobre o tema, partilha neste livro a sua experiência, num guia recheado de dicas práticas.

unnamed (4)

Quando decidiu deixar os EUA e ter o seu primeiro filho em Paris, Pamela Druckerman não imaginava que iria encontrar uma forma diferente de educar as crianças. Mas, após observações cuidadas dos hábitos das famílias parisienses, a jornalista norte-americana percebeu que o dia a dia dos pais franceses é mais leve e eficaz do que noutros países: os bebés dormem toda a noite desde muito cedo; as crianças comem melhor, com mais variedade, e comportam-se calmamente em locais públicos, fazendo muito poucas birras; a vida das famílias não se foca integralmente nos filhos, existindo tempo e espaço também para os pais, o que beneficia tanto as crianças como os graúdos.

Após entrevistas com pedagogos, pediatras e psicólogos, Pamela Druckerman percebeu o que os pais franceses fazem de especial. Com o relato divertido e detalhado de Pamela, saberá como:

Garantir que os seus bebés dormem toda a noite · Educar os seus filhos para que comam todo o tipo de alimentos e se comportem educadamente à mesa, em casa e em ambientes sociais · Aprender a dizer não com convicção e evitar os ciclos de negociação constante com os filhos · Dar liberdade e responsabilidade aos seus pequeninos · Ganhar tempo e qualidade de vida, para si e para as suas crianças · e muito mais!

Um livro bem-disposto e repleto de dicas e conselhos que irão melhorar os hábitos dos seus filhos — e a qualidade da sua vida em família.

unnamed (5)

Pamela Druckerman é uma jornalista americana, autora do êxito de vendas As Crianças Francesas Não Fazem Birra, livro bestseller do Sunday Times (no Reino Unido) e do New York Times (EUA), e que entrou na lista de livros mais vendidos na Alemanha, no Brasil e na Rússia, tendo sido traduzido para 21 línguas.

Entre 1997 e 2002 trabalhou para o Wall Street Journal. Escreveu também para o Washington Post, Guardian, Financial Times, New York Magazine, Marie Claire, Vanity Fair France, entre outros, e participou em diversos programas de rádio e televisão, entre os quais Good Morning America, The Today Show, BBC, CBC e Oprah.com.

É licenciada em Filosofia e possui um Mestrado em Assuntos Internacionais. Participa regularmente em conferências na Europa e nos Estados Unidos. Vive atualmente em Paris.

Anúncios

TOPSELLER: James Patterson, n.º 1 em todo o mundo, traz-nos uma história de amor mágica

unnamed (1)

Não é por acaso que James Patterson é o autor mais bem-sucedido em todo o mundo (Fonte: Forbes). Do fervilhar de ideias que saltam entre páginas de policiais, thrillers, romances e a sua paixão, as histórias infantojuvenis, nascem enredos que inspiram pessoas.

O Anjo da Guarda (Topseller I 304 pp I 16,59€), editado pela Topseller, é um desses livros. Uma história já adaptada ao cinema: Sundays at Tiffanys, com Alyssa Milano como protagonista.

unnamed (2)

Será o nosso coração capaz de amar para além do mundo real?

Michael era o amigo imaginário de Jane, que a acompanhava, guiava e protegia quando ela, ainda criança, se sentia sozinha. Apesar de a mãe ser uma bem-sucedida produtora da Broadway e do ambiente glamoroso que a rodeava, Jane não era uma menina feliz. Michael e Jane eram os melhores amigos mas, quando ela fez 9 anos, o seu amigo imaginário teve de partir…

Vinte e três anos mais tarde, Jane é uma dramaturga de sucesso, trabalha na produtora da mãe e tem um namorado atraente e encantador. No entanto, ela continua infeliz e sem conseguir esquecer Michael. Até que, inesperadamente, volta a vê-lo. Teria Michael afinal sido sempre real?

Uma história de amor mágica e comovente, com uma reviravolta emocionante, que nos faz acreditar no poder do amor verdadeiro.

O AUTOR

​ James Patterson já criou mais personagens inesquecíveis do que qualquer outro escritor da atualidade. É o autor dos policiais Alex Cross, os mais populares dos últimos vinte e cinco anos dentro do género. Entre os seus maiores bestsellers estão também as coleções Private: Agência Internacional de Investigação, The Women’s Murder Club (O Clube das Investigadoras) e Michael Bennett.

Patterson é também o autor que teve mais livros até hoje no topo da lista de bestsellers do New York Times, segundo o Guinness World Records. Desde que o seu primeiro romance venceu o Edgar Award, em 1977, os seus livros já venderam mais de 300 milhões de exemplares. Patterson escreveu também diversos livros de grande êxito para leitores jovens, entre os quais estão as séries Confissões, Maximum Ride, Escola e Eu Cómico. São mais de 3,9 milhões os que seguem o autor no Facebook.

O amor da tua vida – Cecelia Ahern [Resultado Passatempo – Editorial Presença]

01270057_Amor_Tua_Vida

Olá meus amores! Espero que tenham gostado do passatempo. Eu já li o livro e adorei.

Um muito obrigada a EDITORIAL PRESENÇA por ter oferecido o livro para o passatempo e pela excelente colaboração que tem tido comigo e com os meus leitores! Vocês são o máximo!

Então num total de 173 participações o vencedor foi escolhido através do random.org e o número seleccionado foi o 58!

O vencedor foi:

Maria Alexandra Carlos – Marinha Grande

Muitos parabéns e boas leituras!

E já sabem que se quiserem saber mais informações sobre este livro ou então para adquiri-lo podem aceder aqui: Editorial Presença

Escravos da Luxúria – Kate Pearce [Novidade Quinta Essência Novembro 2014]

17572358_19DRj

Um prazer insaciável…
A única regra de Anthony Sokorvsky na vida é não ter nenhuma regra, especialmente quando os prazeres da carne estão envolvidos. Mas as suas sombrias atividades sexuais levaram-no por um caminho traiçoeiro que pode custar-lhe a fortuna, se ele não puser fim à sua imprudência e casar. A salvação vem na forma de Marguerite Lockwood. Apenas um dia na presença de Marguerite deixa Anthony encantado com ela e a fantasiar sobre as mil formas como pode levá-la a um novo patamar de êxtase escaldante.

A derradeira satisfação…
Quando Anthony Sokorvsky se oferece para acompanhar Marguerite por Londres, ela não sabe ainda o que pensar daquele homem intrigante mas muito sensual. E quando ele começa a seduzi-la, ela dá por si completamente excitada. Nenhum homem antes conseguiu acender o desejo selvagem que agora arde dentro de si. Quando se entrega completamente às carícias hábeis de Anthony, Marguerite está por fim pronta a satisfazer as suas necessidades eróticas e a realizar as fantasias mais perversas do seu amante…

4º volume da série «Casa do Prazer»

«Mesmo que não esteja familiarizada com a série “Casa do Prazer”, esta história pode servir como uma excelente introdução… Kate Pearce escreve de forma convincente e hábil. Juntemos-lhe uma trama intrincada, personagens realistas, sexo escaldante e um vilão covarde e temos um livro empolgante e bem trabalhado».
4 ½ Estrelas, Michelle Wiener, Romantic Times BOOKreviews

«Precisamente quando achei que já me decidira pelo meu livro favorito de Kate Pearce, ela pulica outra pérola. Escravos da Luxúria é um tour de force erótico sobre o amor, a aceitação, a compreensão e a paixão. Com Anthony e Marguerite, Ms. Pearce criou dois protagonistas maravilhosos, e a ternura entre eles cativou o meu coração, enquanto as suas cenas de amor ardem de intensidade – uma dose dupla de felicidade para as leitoras que, como eu, gostam de paixão e romance.»
Shayna, Joyfully Reviewed

«Kate Pearce oferece-nos mais uma vez uma história de amor emocionalmente poderosa e altamente sensual. As suas narrativas tocam-nos com os seus personagens profundamente apaixonados, e Escravos da Luxúria é o exemplo perfeito. Marguerite e Anthony são maravilhosamente expressivos no seu desejo mútuo, bem como na sua necessidade de experimentar o lado mais sombrio da sexualidade.»
4 Chávenas, Lototy, Coffee Time Romance & More

Um amor perdido – Anna McPartlin [Opinião]

transferir

Opinião:

Anna McPartlin é daquelas autoras que eu sei que irá sempre escrever livros que eu vou adorar e que vou querer ler. Este não foi excepção. Nas suas histórias e neste livro também oferece aos leitores personagens com problemas verdadeiros, histórias que nem sempre são alegres mas que nos fazem rir. Já li os 3 livros anteriores que foram publicados em Portugal e se for para fazer uma comparação, este foi um pouco mais fraco para mim, no entanto, não deixou por isso de me encantar à sua maneira.

Neste livro conhecemos Jane. Jane cuida de todos menos dela própria. Cuida do filho adolescente, Kurt, cuida da irmã mais nova, Elle que é uma famosa artista e cuida da sua velha e rabugenta mãe Rose. Quando conhece Tom e verifica que as suas vidas estão interligadas através de Alexandra a primeira coisa que faz é começar a ajudar também Tom. Leslie também aparece e vê-se irremediavelmente ligada a estas peculiares irmãs. É assim que acabamos por entrar no rodopio das vidas de todos estes personagens. É aos poucos que os vamos conhecendo e vamos vendo que aquilo que vemos na superfície não se compara em nada ao que está por baixo. Além destas personagens, temos também as personagens secundárias que dão o seu toque especial ao livro e que vão surgindo nos momentos adequados.

É verdade que inicialmente pensemos que o livro irá tratar principalmente do desaparecimento de Alexandra e é inevitável estarmos sempre a nos questionar sobre o que lhe terá acontecido. Mas, com o passar das páginas vamos vendo que afinal ela acabou por passar para um plano secundário e o que realmente importa é como ficarão aquelas personagens sem ela.

Este é um livro que tem um pouco de tudo, tem um pouco de mistério, momentos alegras e muito divertidos, bastante drama e até um pouco de loucura. No entanto, não é assim tão negro. Acaba por ser um livro que aborda temas extremamente difíceis mas com alguma ligeireza.

Gostei especialmente do toque que a autora deu ao iniciar cada capítulo do livro com um refrão de uma música de um músico irlandês. Um livro que vale a pena ler e uma autora que vale a pena seguir!

3.5*

Sinopse:

A 21 de junho de 2007 Alexandra Kavanagh saiu de casa, falou com a vizinha, meteu-se no comboio, chegou à estação de Dalkey e desapareceu… Tom está destroçado. Não encontra a mulher, o seu mundo desmoronou e o seu único objetivo é localizá-la. Durante dezassete anos, Jane cuidou do filho Kurt, da excêntrica irmã Elle, e da rabugenta mãe Rose. A única pessoa de que não cuida é dela própria. Elle é artista e considerada um génio. Como tal, o seu comportamento um tanto errático é tolerado. Embora a sua vida pareça perfeita, a tristeza de Elle é por vezes profunda. Leslie perdeu toda a família para o cancro. Passou vinte anos à espera de morrer, mas após uma operação radical está determinada a viver de novo. Quatro meses depois do desaparecimento de Alexandra. Tom entra num elevador com Jane, Elle e Leslie para um concerto de Jack Lukeman. Uma hora mais tarde, os quatro desconhecidos saem de lá com as suas vidas entrelaçadas para sempre. Um Amor Perdido aborda o alcoolismo, a depressão, a negação e a dor e ainda assim irá dar por si a sorrir e até a rir.

A Estação do Desejo – Sadie Matthews [Opinião]

23310184

Opinião:

Logo que li a sinopse deste livro sabia que o queria ler. Fiquei mesmo muito curiosa até porque achei muito excitante a perspectiva da menina rica se apaixonar pelo guarda-costas. A história centra-se em Freya, uma menina mimada e muito rica que foi habituada desde nova a ter sempre tudo o que quis. Mas conforme vamos avançando na leitura torna-se claro que as atitudes que ela tem são claramente uma parede que criou à sua volta para manter as pessoas afastadas.

O livro está mais ou menos dividido em duas grandes partes. A primeira parte é quando têm o acidente e acabam por ficar presos na cabana/gruta e acabam por se conhecer mais intimamente. A segunda parte é quando voltam para casa e vários acontecimentos sucedem que poderão levar o relacionamento de ambos para um novo patamar ou não…

Miles é completamente diferente de Freya e vários anos mais velho que ela. É guarda-costas mas antes disso esteve a trabalhar no Afeganistão por isso está bastante preparado para provas físicas e mentais muito duras. No entanto lidar com as crises de Freya deixam qualquer um com os nervos sensíveis o que leva a vários confrontos entre ambos. O que nenhum esperava era que esses encontros fossem aquecer tanto o ambiente entre ambos…

E é aqui que está o ponto forte do livro…a química entre ambos é muito forte e a autora soube muito bem como escrever as cenas íntimas criando toda uma ideia de vulnerabilidade e também suspense. Quando voltam a tensão sobe já que para estarem juntos isso implicará que percam várias coisas das suas vidas “reais”.

No geral, o livro tem bastante romance mas este é sem dúvida um livro extremamente erótico… Qualquer leitor deverá ter isso presente quando o começar a ler para não ficar chocado com as cenas que são desenvolvidas. Eu adorei as cenas sexuais porque todas elas têm um objetivo no livro e focam-se no mundo que nós rodeia. Além disso são extremamente sensuais e muito eróticas.

O único defeito que coloco no livro é o seu final abrupto o que faz com que o leitor fique um pouco à toa porque queríamos ver mais, queríamos saber as consequências das suas acções… No entanto, creio que iremos ter mais respostas no segundo livro desta série que abordará a irmã gémea de Freya, Flora. Aguardarei com alguma ansiedade!

3.5*

Sinopse:

Herdeira de um vasto império, Freya Hammond é uma jovem rica e mimada. Passa a maior parte do tempo em festas com amigos pelos quatro cantos do mundo, fazendo o deleite dos paparazzi.
Num dia de nevão, Freya insiste em apanhar um avião, contra o conselho do seu novo guarda-costas, Miles Murray, ex-agente dos serviços secretos. Apesar de ser um condutor exemplar, Miles não consegue evitar um acidente terrível nas estradas geladas dos Alpes, mas graças ao seu conhecimento sobre técnicas de sobrevivência consegue salvar a vida de Freya.
Enquanto aguardam pelo resgate numa cabana, a tensão entre Freya e Miles cresce cada vez mais, acabando ambos por se envolver numa teia de sedução e desejo que os vai ligar irremediavelmente.

Tentação perfeita – Lisa Kleypas [Opinião]

Sem Título

Opinião:

Vocês acreditam que eu nem sabia que este livro iria ser publicado em Portugal? Eu julgava que este era uma novela/conto e que não chegaria a terras lusas. Por isso devem imaginar a minha surpresa quando recebi a novidade. Fiquei um pouco histérica e muito feliz!

Este quinto livro não está directamente relacionado com os quatro livros anteriores, já que estes abordaram as histórias de quatro amigas “Encalhadas”. Este quinto livro conta a história de Rafe Bowman, um americano que para satisfazer os desejos do pai e conseguir uma franquia na empresa da família aceita escolher uma esposa inglesa, de preferência de boas famílias.

Rafe é irmão de Lilian e logo nos primeiros dias conhece Hannah, a dama de companhia de Natalie, a jovem que lhe está prometida. O problema é que estes dois sentem logo uma antipatia profunda, Hannah e Rafe…mas será que é apenas isso?

Natalie é a esposa perfeita, é culta, bonita e de uma excelente linhagem. O problema é que Rafe não se sente minimamente atraído por ela… Hannah acompanha Natalie para a casa do cunhado de Rafe, onde irão passar as festividades natalícias. É assim que Rafe e Hannah acabam por se aproximar.

Relativamente aos personagens, ambos são muito cativantes. Rafe é bonito, inteligente e um pouco sonhador, mas Hannah é o verdadeiro trunfo da história. É linda, inteligente e trabalhadora e é (para a época em questão) bastante independente! Adorei esta personagem.

O enredo é mais simples que os anteriores livros, mas não é por isso que fica atrás. Muito pelo contrário. É um livro bastante erótico, romântico e apaixonado. O valor da família e da amizade continua presente. É um livro que irá fazer as suas leitoras sonhar. Adorei.

5*

Sinopse:
«Foi mais do que um beijo… foi uma oração de beijos ininterruptos, com as sílabas quentes e doces dos lábios e da língua dele inebriando-a de sensações.»

Londres prepara o Natal, e o americano Rafe Bowman aguarda o seu encontro marcado com Natalie Blandford, a muito bela e respeitável filha de Lady e Lord Blandford. O aspeto sedutor e físico impressionante do jovem agradariam certamente à prometida, não fosse a sua reputação de libertino e as suas maneiras americanas.
As quatro amigas encalhadas dedicam-se, então, a ajudar o jovem pretendente, ensinando-lhe as regras da sociedade londrina e empenhando-se na aproximação dos futuros noivos. Contudo, o Natal é a época dos milagres, e o amor – essa emoção tão estranha a Rafe – ameaça brotar das mãos mais inesperadas.
Uma encantadora viagem aos recantos do coração, pela autora bestseller Lisa Kleypas, a rainha do romance erótico.