Os aromas do amor – Dorothy Koomson [Opinião]

10314649_644414042302264_5367030361973099212_n

Opinião:

Apaixonada desde sempre pela palavra escrita, Dorothy Koomson escreveu o seu primeiro romance aos 13 anos. A filha da minha melhor amiga foi o seu primeiro livro editado em Portugal. A história comovente de duas amigas separadas pela mentira e unidas por uma criança encantou as leitoras portuguesas. Pedaços de ternura, Bons sonhos, meu amor, O amor está no ar e Um erro inocente, O outro amor da vida dela e A praia das pétalas de rosa foram igualmente bem-sucedidos, consagrando a autora como uma referência para as leitoras portuguesas.

“Os aromas do amor” é o mais recente livro publicado em Portugal pela autora e traz-nos como já é habitual mais uma história surpreendente e repleto de drama. Saffron é uma mulher que num dia fatídico viu a sua vida desmoronar quando dois policias fardados batem-lhe à porta e anunciam que o seu marido tinha sido assassinado a sangue frio. Tudo muda e com dois filhos para criar vê-se forçada a continuar a viver e a lutar pela sua família…mas será que Saffron conseguiu realmente avançar? Ou será que existirá monstros do passado que a virão atormentar?

Com uma escrita brilhante que leva o leitor a entrar numa história com passos de bebé e que de repente vê-se preso numa teia de drama e segredos da qual não consegue fugir e onde a única solução é chegar ao final do livro.

Sempre que leio Dorothy Koomson tenho de preparar-me mentalmente para o que aí vem porque eu sei que normalmente é duro e que o meu coração acaba sempre por ficar apertado de dor. Neste livro, tal como já tem sido habitual nos outros livros da autora, fala-se de temas importantes, nomeadamente a posição das mulheres numa empresa em que por norma o homem é que o ser vigente, a despromoção por ser mulher e por se ver sozinha a criar dois filhos, distúrbios alimentares, nomeadamente a bulimia, assim como a gravidez na adolescência e ainda pedofilia.

Como podem ver, vários são os temas que a autora aborda e que não são fáceis de digerir. No entanto, tenho de salientar que ela sabe como falar sobre estes temas sem ser demasiado drástica nem ser demasiado crua e dura na forma como descreve estes problemas. Na verdade, eles são apresentados ao leitor aos poucos e só depois é que o próprio apercebe-se das coisas.

Uma das coisas que mais me marcou neste livro foi sem dúvida a forma como a autora dá a conhecer o leitor Joel, o personagem falecido. Ela fez-me ficar completamente apaixonada por ele e ficar bastante triste e revoltada por ele ter falecido. Eu só queria um final feliz para ele…mas isso não podia acontecer.

Haveria muito mais a falar sobre este livro…foi uma leitura fantástica para mim e espero que vós tenha despertado a curiosidade e que fiquem com vontade de o ler.

ADOREI. Um dos melhores livros que li desta autora.

Se quer saber mais sobre ela visite: http://www.dorothykoomson.co.uk

5*

Sinopse:
Procuro a combinação perfeita de aromas; o sabor que eras tu. Se o encontrar, sei que voltarás para mim. Há 18 meses atrás, Joel, o marido de Saffron, foi assassinado, e o culpado nunca foi descoberto. Agora, fazendo os possíveis para lidar com a perda, Saffron decide terminar Os aromas do amor, o livro de receitas que Joel tinha começado a escrever antes da sua trágica morte. Quando, finalmente, tudo parece ter voltado à normalidade, a filha de 14 anos de Saffron faz uma revelação chocante que abala a relação entre ambas. E, ao mesmo tempo, o assassino de Joel começa a enviar cartas afirmando a sua inocência.
Será um grande amor capaz de sobreviver à maior das perdas?

Anúncios

2 thoughts on “Os aromas do amor – Dorothy Koomson [Opinião]

  1. C. diz:

    Já li quase todos os livros da Dorothy e tenho de admitir que ainda não me habituei a apaixonar-me tanto assim por um livro! É quase assustador! Adoro as palavras dela e não fiquei nem um pouco desiludida com mais esta perfeiçao que é Os aromas do Amor! Amo a abordagem dela à comida, fez-me ficar com água na boca!! O que é extremamente difícil visto que a personagem principal é uma vítima de bulimia. Recomendo a toda a gente! Uma história inesquecível!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s