Sedução Perigosa – Jess Michaels [Opinião]

10259807_465995443533750_1699693548015866998_n

Opinião:

Jess Michaels começou a escrever em 1999 incentivada pelo marido mas, ao longo dos anos, tem-se dedicado também a outras actividades como designer de jóias e a criação do Passionate Pen. É escritora de romances históricos sensuais mas também escreve outros géneros como a fantasia urbana. Para além disso, é uma nerd convicta, tia extremosa e uma dona de gatos com muita paciência. Sedução Perigosa é o segundo volume da série mais conhecida da autora, Albright Sisters e foi publicado em 2008, estando traduzido para português e italiano.

Já li todos os livros desta série e este era o último que me faltava. Gosto muito desta autora, esta é daquelas que sabemos que não vamos encontrar erotismo “rasca”. É erotismo com qualidade se é isso que procuram. Atenção que o romance também está presente, mas não é esse o intuito do livro. O enredo do livro é propício mesmo a cenas sedutoras e extremamente eróticas.

A escrita da autora mantêm-se igual, o que me deixa agradada, já que está é uma das características que mais aprecio. Sem grandes descrições, mantêm-se a descrever o essencial para o leitor, assim como não abusa nas palavras consideradas ordinárias. E quando as usa, sabe quais usar e como as usar.

Relativamente às personagens, talvez poderia ter sido dado mais ênfase ao facto de Penelope ser inteligente assim como independente. Gostei dos dois e achei muito giro ver a gradual mudança que se deu em Jeremy, o duque de Kilgrath.

Livro sensual e romântico, é sem dúvida perfeito para ler nas horas vagas e deixar o stress abandonar o nosso corpo. Gostei muito!

3*

Sinopse:
O sedutor acaba seduzido

Timida, obstinada e bela, Penelope está determinado a expor os casos licenciosos dos homens mais atrevidos da sociedade. Agora um deles – o libertino arrependido Jeremy Vaughn, duque de Kilgrath – foi escolhido para pôr fim à interferência da pudica senhora. O plano de Jeremy é diabolicamente inteligente: irá juntar-se à guerra de Penelope contra a imoralidade, lutando apaixonadamente ao seu lado, ao mesmo tempo que a enche de missivas eróticas anónimas destinadas a excitar mesmo a mais fria e mais relutante mulher. Irá derrubar as suas defesas e inflamar os seus desejos reprimidos por acompanhá-la (no interesse da sua «nobre campanha») aos palácios do prazer mais notórios de Londres. E irá visitar o boudoir dela – mascarado – durante a noite para a ensinar nas artes deliciosamente pecaminosas ela deseja abolir. Em seguida, irá expor a sua hipocrisia ao mundo.

Mas o esquema do belo duque está fadado ao fracasso pois a bela Penelope liberta-se de todas as inibições e cede livremente a todos os caprichos dele. Pois neste jogo sensual de corações, é o sedutor que se torna seduzido.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s