À procura de Alaska – John Green [Opinião]

13450336

Depois de ter lido “A culpa é das estrelas” fiquei com as expectativas altíssimas em relação a este autor. Já tinha este livro a vários meses e só este ano o decidi ler. Conta a história de Miles, um jovem que com poucos amigos decide ir para outro colégio que supostamente é onde estão os alunos mais inteligentes. Miles sempre foi franzino e pouco popular no seu anterior colégio, mas nesta nova escola conhece o comandante, Takumi e Alaska, e torna-se muito próximo de todos, fazendo assim grandes amizades. O livro conta as aventuras que vivem nesse colégio já que todos residem lá e praticamente vivem sozinhos.

Durante o livro vemos uma certa fixação que todos têm por Alaska, uma jovem bonita e muito peculiar. É extrovertida, adora livros, é inteligente e um pouco deprimida devido a morte da sua mãe. Miles em particular ao longo do livro vai mostrando como gosta de Alaska e como se sente fascinado por ela.

No entanto, apesar de ser um livro que tem um tema interessante cativou-me muito pouco. Achei o ritmo do livro muito lento e acima de tudo achei as personagens um pouco ocas. No geral é um livro interessante, com um tema importante porque aborda vários dos problemas que os jovens passam e como os enfrentam. Mas esperava mais e fiquei desiludida.

No fim ainda fiquei um pouco comovida porque de facto o autor sabe escrever sobre adolescentes e aborda sempre temas fortes, mas como já disse, esperava mais.

2*

Sinopse:
“Na escuridão atrás de mim, ela cheirava a suor, luz do sol e baunilha, e, nessa noite de pouco luar, eu pouco mais podia ver além da sua silhueta, mas, mesmo no escuro, consegui ver-lhe os olhos – esmeraldas intensas. E não era só linda, era também uma brasa.”
Alaska Young. Lindíssima, esperta, divertida, sensual, transtornada… e completamente fascinante. Miles Halter não podia estar mais apaixonado por ela. Mas, quando a tragédia lhe bate à porta, Miles descobre o valor e a dor de viver e amar de modo incondicional.
Nunca mais nada será o mesmo.

Advertisements

3 thoughts on “À procura de Alaska – John Green [Opinião]

  1. Célia Loureiro diz:

    O que senti no A Culpa das Estrelas é que ele queria forçar o leitor à comoção, ao choro e à pena. Não foi subtil, era um intento muito óbvio. Não consegui gostar. Vendi o À Procura de Alaska sem sequer ler.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s