Um comércio respeitável – Philippa Gregory [Opinião]

image (3)

Opinião:

Philippa Gregory é uma das escritoras de romance histórico mais lidas em todo o mundo e desde que o seu interesse na época Tudor a catapultou para o sucesso, nunca mais parou de escrever grandes sucessos. Atualmente vive com a família numa quinta, no Yorkshire, e dedica-se, além da escrita, à investigação histórica. É fundadora da organização «Gardens for Gambia» responsável pela construção de cerca de 200 escolas primárias naquele país. Um dos projetos desta organização é a criação de hortas nas escolas a fim de providenciar a alimentação e desenvolvimento das comunidades.

“Um comércio respeitável” é trazido aos leitores portugueses pela Porto Editora, um romance que nos “oferece um retrato vívido e impressionante de uma época complexa onde impera a ganância e a crueldade que devastaram todo um continente”. Corre o ano de 1787 e Bristol é uma cidade em crescimento, onde o poder atrai os que estão dispostos a correr riscos. O desejo de pertencer a uma comunidade que o ignora, faz Josiah Cole, um homem de negócios que se dedica ao comércio de escravos, arriscar e casar com Frances Scott. Um casamento frio com apenas o intuito de o levar a pertencer a uma “classe mais elevada”. Frances rapidamente descobre que o seu marido enriquece com o tráfico de escravos e é na mesma altura que Mehuru, um conselheiro do rei de Ioruba, em África, é capturado, vendido e enviado para Bristol, onde será educado por Frances, por quem, se irá apaixonar.

Desde o início que o leitor vê-se preso a estas páginas e a esta história, já que logo o leitor se apercebe que este será um livro que abordará temas importantes, tais como, a escravatura e tudo o que os envolve como as condições lastimáveis como são tratados. As personagens estão bem desenvolvidas e ao longo do livro sente-se a evolução das mesmas. A escrita da autora é cativante e apesar de este ter uma componente histórica bastante grande, não se torna aborrecido. É um livro comovente já que os temas explorados são comoventes e sensíveis. É sem dúvida um livro que nós deixa a pensar.

Sinopse:

1787. Bristol é uma cidade em franco crescimento, uma cidade onde o poder atrai os que estão dispostos a correr riscos. Josiah Cole, um homem de negócios que se dedica ao comércio de escravos, decide arriscar tudo para fazer parte da comunidade que detém o poder na cidade. No entanto, para isso, Cole vai precisar de capital e de uma esposa bem relacionada que lhe abra as portas necessárias.
Casar com Frances Scott é uma solução conveniente para ambas as partes. Ao trocar as suas relações sociais pela proteção de Cole, Frances descobre que a sua vida e riqueza dependem do comércio respeitável do açúcar, rum e escravos.
Entretanto, Mehuru, um conselheiro do rei de Ioruba, em África, é capturado, vendido e enviado para Bristol, onde será educado nos padrões ocidentais por Frances, por quem, inexoravelmente, se irá apaixonar.

Em Um Comércio Respeitável, Philippa Gregory oferece-nos um retrato vívido e impressionante de uma época complexa onde impera a ganância e a crueldade que devastaram todo um continente.

Podem comprar aqui: http://www.portoeditora.pt/produtos/ficha/um-comercio-respeitavel?id=14121114

Mais forte que o desejo – Cheryl Holt [Opinião]

15257743_oHnTz

Opinião:

Mais forte que o desejo é o mais recente livro de Cheryl Holt publicado pela Quinta Essência. Para quem não sabe este livro pertence a categoria dos romances sensuais. Este é o quarto livro editado em Portugal desta autora e os moldes continuam no mesmo sentido, apesar de ter ficado surpreendida com algumas novidades inseridas.

Este livro conta a história de Olivia Hopkins e da sua família quando atravessam um grave problema financeiro. O plano é que Olivia, que ainda é solteira, se case com o conde de Salisbury. Infelizmente (ou não!) as suas voltas são trocadas quando conhece o irresistível Philip Paxton e acabam por se envolver. Ambos se apaixonam mas será que poderão ficar juntos para sempre?

Neste livros uma das características dominantes é que a parte romântica do livro desenvolve-se rapidamente e neste livro a regra confirma-se. No entanto, houve algumas surpresas como o facto de o personagem principal não ser o típico “Dom Juan” e a autora ter abordado a pedofilia.

As personagens são consistentes ao longo do livro, algo que me agradou sobremaneira. O enredo da história não é grandioso mas é diferente e o facto de a autora abordar também os filhos ilegítimos ajudou muito para a história se tornar muito interessante. Outro ponto a favor é o casal secundário da história…adorei, adorei! No geral foi um livro que me agradou imenso. Adoro esta autora e recomendo! Óptima escolha por parte da editora!

5* 

Sinopse:
Com a família a atravessar uma grave situação financeira, Olivia Hopkins dispõe-se a conseguir uma proposta de casamento do já maduro conde de Salisbury. Contudo, o plano cai por terra quando ela descobre um livro erótico na biblioteca do conde. O livro incendeia o corpo de Olivia, que não consegue pô-lo de lado, até ser apanhada em flagrante pelo diabolicamente bonito filho do conde, um homem que lhe acelera o coração e lhe preenche o imaginário com pensamentos escaldantes… Phillip Paxton não consegue acreditar na sua boa sorte. O facto de ter apanhado Olivia com aquele livro picante confere-lhe a maravilhosa oportunidade de humilhar o pai que despreza. Servindo-se do livro como isco, Phillip atrai Olivia para uma ligação eletrizante que resulta em ardentes lições de paixão. Phillip não esperava apaixonar-se pela sua encantadora aluna, mas o que começa como um esquema libertino em breve se transforma num romance genuíno e que Phillip protegerá a qualquer custo…

Passatempo Marcadores

1380241_585908748123154_1423531396_n

Trago hoje para vocês um miminho já que há algum tempo não oferecia nada no blogue. São 3 marcadores feitos por mim (com a ajuda da mãe). Como são 3 marcadores serão 3 vencedores! Para isso basta serem seguidores do blogue e partilharem o link do passatempo no facebook. A partilha tem de ser pública para que eu o possa confirmar. Espero que tenham gostado! Boa sorte e boas leituras 🙂

Regras do Passatempo:
1) O passatempo decorrerá a partir de hoje dia 07 de Outubro até às 00h00 do dia 22 de Outubro.

2) Os dados solicitados (nome completo, email, morada completa) têm de ser devidamente preenchidos. Qualquer participação que não possua algum destes dados é automaticamente anulada.

3) O(a) vencedor(a) será sorteado(a) aleatoriamente (através do random.org), sendo posteriormente contactado por e-mail e o resultado será publicado no blog.

4) Só é válida uma participação por pessoa/residência.

5) Só serão aceites participações de residentes em Portugal Continental e Ilhas.

6) A administração do blogue não se responsabiliza pelo possível extravio no correio enviados.

7) Tem de partilhar o link deste passatempo na vossa página de perfil do Facebook. A partilha tem de ser pública para que eu o possa confirmar.

Só o amor é real – Dr. Brian Weiss [Opinião]

image

Opinião:

Recentemente li do Dr. Brian Weiss “Muitas vidas, muitos mestres”, um livro que aborda um tema controverso, as vidas passadas e a reencarnação. Apesar de ter sido um leitura bastante diferente e ortodoxa, gostei bastante. É um tema diferente e que me interessou. A verdade foi que fiquei com vontade de ler mais deste autor e este Só o amor é real, prometia ainda ser melhor. E foi mesmo.

Só o amor é real fala do percurso de duas pessoas que estavam a fazer terapia com o Dr. Brian Weiss. Eram ambas pessoas com problemas emocionais e problemas relacionais que estavam a lhes afectar a vida amorosa. Durante o livro Weiss fala sobre as regressões que fez com ambos os pacientes e tal como no livro anterior que tinha lido dele, fala sobre outras vidas completamente diferentes que ambos os seus pacientes tinham vivido. Conforme o tempo vai passando vamos sentindo a evolução de ambos os pacientes até que por fim estes se conhecem.

Adorei este livro e adorei a mensagem que ele nós passa, apesar de ser realmente assustadora. A crença de que as pessoas que nós acompanham nesta vida, sempre fizeram parte de nós em outras ocasiões, e até com outros corpos e com outras ligações, é surreal e ao mesmo tempo dá-nos esperança e faz com que olhemos para a nossa vida actual com outros olhos. Adorei e recomendo. Mas não se esqueçam de ir com a mente aberta e livro de preconceitos.

6*

Sinopse
Pedro e Elisabeth não se conheciam e não tinham nada em comum, excepto o facto de serem ambos jovens e sofrerem de ansiedade e de depressão. Começaram a fazer terapia com o Dr. Weiss e esta circunstância, revelou-se uma verdadeira artimanha do destino. Graças à sua mente aberta e à sua experiência com terapia por regressão, revelada no seu best-seller Muitas Vidas, Muitos Mestres, o Dr. Weiss intuiu logo que Pedro e Elisabeth estavam ligados um ao outro. Ambos descreviam experiências das mesmas vidas passadas. Seria possível que eles se tivessem amado ao longo de várias vidas e que estivessem agora separados? Só o Amor É Real descreve o longo e, por vezes, doloroso processo de reunião destas almas gémeas e a descoberta do amor que as uniu ao longo de séculos. Revela uma importante mensagem: que cada um de nós tem uma alma gémea, uma pessoa que nos acompanha ao longo de todas as nossas vidas.

Passatempo – Regresso ao Suez – Stevie Davies [Civilização Editora]

4492949_LC_3379_Regresso-ao-Suez_WEB

Com o apoio da Civilização Editora tenho para oferecer um exemplar do livro “Regresso ao Suez” de Stevie Davies.

Para terem a oportunidade de ganhar este exemplar basta responder às questões que se seguem. Boa sorte e boas leituras!!
As respostas podem ser encontradas aqui: Civilização Editora.

Regras do Passatempo:
1) O passatempo decorrerá a partir de hoje dia 07 de Outubro até às 00h00 do dia 22 de Outubro.

2) Os dados solicitados (nome completo, email, morada completa) têm de ser devidamente preenchidos. Qualquer participação que não possua algum destes dados é automaticamente anulada.

3) O(a) vencedor(a) será sorteado(a) aleatoriamente (através do random.org), sendo posteriormente contactado por e-mail e o resultado será publicado no blog.

4) Só é válida uma participação por pessoa/residência.

5) Só serão aceites participações de residentes em Portugal Continental e Ilhas.

6) A administração do blogue não se responsabiliza pelo possível extravio no correio de exemplares enviados pela mesma e/ou pela editora.

7) Tem de partilhar o link deste passatempo na vossa página de perfil do Facebook. A partilha tem de ser pública para que eu o possa confirmar.

A filha da tempestade – Molly Jackson [Opinião]

500_9789892314020_a_filha_da_tempestade

Opinião:

A Filha da Tempestade é o primeiro romance de Molly Jackson, pseudónimo do famoso escritor Chris Ryan, cujas obras venderam até à data mais de cinco milhões de exemplares em todo o mundo. Numa entrevista que o autor deu, este revelou que foi uma experiência única que não pretende repetir já que demorou mais de dois anos até ter conseguido terminar este romance. Revelou que se tornou mais difícil do que estava à espera e que veio demonstrar que é de facto um autor de policiais e não de romances.

Este livro veio ter à minha estante como oferta de uma compra que fiz de outro livro da editora ASA. De facto, nunca me tinha chamado a atenção e depois de vários meses é que o decidi ler. Não me arrependi nem um pouco, já que este livro veio a se mostrar ser uma surpresa muito boa.

Com esta história conhecemos a história do pai de Robbie Fraser, Hamish Fraser, um jovem humilde que tinha como sonho conhecer o mundo antes de assentar com a sua jovem namorada. Parte em busca do seu sonho mas atrás ficou McBain, um jovem revoltado que invejava a vida de Hamish. Tendo como objectivo tirar tudo o que Hamish possuia, engendra o esquema e acaba casando com a antiga namorada de Hamish tornando-se rico e mantendo a aldeia onde vive às suas ordens. Hamish quando volta, conhece a mãe de Robbie e segue a sua vida mas McBain é demasiado invejoso e não o deixa em paz… Muitas coisas se sucedem e Hamish acaba desaparecendo e o seu filho parte à busca dele com Heather, a filha de McBain.

Com uma história cheia de segredos, inimizades, amor, traição, ciúme, tristeza e nostalgia, o leitor pode se recostar e deixar se levar porque certamente não o quererá fazer. Eu própria li este livro em apenas algumas horas. Não o conseguia largar. Apesar de o próprio autor afirmar não ser apto para a escrita de romances, tenho de discordar, porque esta estreia foi magnifica. É um livro que se lê de um sopro! Adorei e recomendo! Muito bom!!

6*

Sinopse:
Quando recebe uma carta anónima que diz “O seu pai desapareceu”, Robbie Fraser fica em estado de choque. Que ele saiba, não tem pai. Mas a curiosidade leva-o à Escócia e à aldeia piscatória onde se encontram as pistas para o desaparecimento do homem que pode mudar a sua vida.
Na pequena comunidade, Robbie é alvo de hostilidade e desconfiança. Apenas Heather McBain parece disposta a travar amizade com ele, e é através dela que o jovem fica a par da rivalidade que separa os pais de ambos. Há trinta anos, McBain e Hamish Fraser zangaram-se, perturbando irremediavelmente a harmonia da aldeia. O que esteve na origem de tudo permanece envolto em mistério. Heather acredita que o pai está envolvido no desaparecimento de Hamish. E quando os dois jovens começam a fazer perguntas, segredos há muito encobertos ameaçam vir à tona e destruir não só um amor que desponta mas a própria vida de todos…

Recomendação do mês de Outubro

Recomendação do mês de Outubro recaí num livro publicado novamente pela Quinta Essência. Um livro maravilhoso que retrata a ternura do primeiro grande amor. Opinião aqui: https://estrelasnocolo.wordpress.com/2013/09/29/anna-e-o-beijo-frances-stephane-perkins-opiniao/

images (1)

 

Sinopse
Anna Oliphant tem grandes planos para o seu último ano em Atlanta: sair com a melhor amiga, Bridgette, e namoriscar com um colega no cinema onde trabalha. Por conseguinte, não fica muito contente quando o pai a envia para um colégio interno em Paris. As coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um rapaz deslumbrante – que tem namorada. Ele e Anna tornam-se grandes amigos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Irá Anna conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?

Segue o coração – Lesley Pearse [Opinião]

500_9789892310589_segue_o_coracao_nao_olhes_para_tras

Opinião:

Lesley Pearse é autora de uma vasta obra já traduzida para mais de trinta línguas, tendo vendido cerca de três milhões de exemplares. Nas suas obras fala de tudo um pouco, desde amor, rejeição, perda, morte, crianças maltratadas, adoção, rejeição ou pobreza e ela própria é uma fonte de inspiração já que viveu várias destas coisas em primeira mão. Foi a escrita que lhe trouxe estabilidade e com o apoio da editora Penguin, criou o Women of Courage Award para distinguir mulheres comuns dotadas de uma coragem extraordinária.

Já estão publicados na ASA vários livros e o mais recente é “A promessa”, que é a continuação do livro publicado anteriormente “Sonhos proibidos”, que eu já li e adorei. “Segue o coração” é um livro gigantesco que pode assustar o leitor quando este o ver pela primeira vez, mas não se deixem enganar pelo tamanho porque é um livro que se lê bem. A escrita da autora é leve e rápida, fazendo com o que a leitura se torne voraz e sem tempos mortos. Apesar de ser um livro bastante descritivo e que conta a vida toda de uma grande mulher, a meu ver é um livro lindo e nada aborrecido.

Durante o livro encontramos várias personagens e todas elas tiveram um papel importante na vida de Matilda. São todas importantes à sua maneira e influenciaram o seu percurso de alguma forma. Mas acima de tudo é um livro em que se verifica que a personalidade de uma pessoa tem muita influência nas decisões que toma e que podem fazer com que esta seja bem sucedida ou não.

A caracterização da época é igualmente bastante satisfatória, já que a autora consegue transportar o leitor para uma época que a meu ver não é nada fácil de caracterizar. O livro é também todo pautado de esforços para a defesa dos desfavorecidos, nomeadamente as mulheres e as crianças. Matilda é uma grande personagem e vai conquistar qualquer leitor, tanto pela sua personalidade meiga e corajosa mas também pela sua força e dedicação a causas que a transcendem. Um livro que vale a pena ler. Adorei!

6*

Sinopse
Aquele podia ter sido um dia como tantos outros na vida de Matilda, uma pobre vendedora de flores. Mas aquele é o dia em que Matilda salva a vida de uma criança e recebe a mais preciosa das dádivas: a oportunidade de fugir da miséria e construir uma nova vida. Em breve trocará os bairros degradados de Londres pelos recantos misteriosos de Nova Iorque, as planícies do Oeste Selvagem e a febre do ouro em São Francisco. Munida apenas da sua coragem, beleza e inteligência, a jovem está apostada em ditar o seu destino, nem que para tal tenha de lutar contra tudo e todos.
A sua rebeldia condena-a à solidão. Mas um dia também ela viverá as emoções de um verdadeiro amor. Um amor que terá de suportar a separação, a guerra e os tormentos do nascimento de uma nova nação. Será no Novo Mundo que Matilda vai aprender o que a sua infância não lhe ensinou: que todos nascem iguais, que a coragem e a generosidade são o que de mais nobre pulsa no coração humano, e que, por mais doloroso que seja, a vida tem de continuar e nunca se deve olhar para trás…