Uma vida ao teu lado – Nicholas Sparks [Novidade ASA]

250_9789892324418_uma_vida_ao_teu_lado

Ano da Edição / Impressão / 2013
Número Páginas / 448
ISBN / 9789892324418
Editora / ASA

Disponível a 10 de Setembro

Sinopse:
Quando Sophia Danko conhece Luke, algo dentro dela muda para sempre. Luke é muito diferente dos homens ricos e privilegiados que a rodeiam. Através dele, Sophia conhece um mundo mais genuíno e puro do que o seu, mas também mais implacável. Ela tem uma vida protegida. Ele vive no limite. À medida que se descobrem e apaixonam, Sophia encara a possibilidade de um futuro diferente do que tinha imaginado. Um futuro que Luke tem o poder de reescrever… se o segredo que o atormenta não os destruir a ambos. Não muito longe, algures numa estrada escura, um desconhecido está em apuros. Ira Levinson tem 90 anos e acabou de sofrer um acidente de carro. Ao tentar manter-se consciente, Ira sente a presença de Ruth, a sua mulher que morreu há 9 anos, materializar-se a seu lado. Ela encoraja-o a lutar pela vida, relembrando a história de amor que os uniu. Ira sabe que Ruth não pode estar no carro com ele mas agarra-se às suas delicadas memórias, revivendo as tristezas e alegrias que definiram a sua paixão. Ira e Ruth. Sophia e Luke. Dois casais com pouco em comum, cujas vidas vão cruzar-se com uma intensidade inesperada nesta celebração do poder do amor e da memória. Uma viagem extraordinária aos limites mais profundos do coração humano pela mão de Nicholas Sparks.

Anúncios

Êxtase – J. R. Ward [Opinião]

15257711_MzKMC

Opinião:

Êxtase é o quarto livro da série Anjos Caídos de J. R. Ward, publicada em Portugal pela Quinta Essência. Série sobrenatural retrata a vida de um grupo de anjos que tem a missão de salvar sete almas que estão condenadas ao inferno. Ward é a meu ver uma boa contadora de histórias sobrenaturais com romance à mistura.

Heron, um dos anjos que está incubido de salvar sete almas, depois de ter perdido a última batalha, não se deixa perder e neste livro mostra que afinal consegue ser mais forte e inteligente que o mal. E desta feita, é o próprio Heron que se depara com uma das histórias mais perturbantes do seu passado: o seu antigo patrão.

Uma das características desta série que eu mais gosto é que todas as histórias têm sido diferentes umas das outras o que nós deixa com muita vontade de ler o próximo. Juntando a isso temos também o factor curiosidade que está presente em todo o livro fazendo com quem queiramos ler sempre mais e mais. Uma das coisas que mais anseio saber nesta série é afinal o que vai acontecer com Heron e com a sua “menina” que continua sofrendo nas mãos de Devina.

A escrita da autora é muito boa, sendo simples e assim tornado-se uma leitura muito fácil e rápida, ideal para um dia quente de verão. Recomendo! Adoro esta série e mal posso esperar pelos próximos volumes. Uma excelente aposta da QE.

5*

Sinopse
Mels Carmichael, jornalista do Caldwell Courier Journal, apanha o maior choque da sua vida quando um homem se atravessa à frente do seu carro junto ao cemitério local. Depois do acidente, a amnésia dele é o tipo de mistério que ela gosta de solucionar, mas em breve descobre que o passado é demasiado misterioso… e que está a apaixonar-se pelo estranho. Enquanto as sombras oscilam entre a realidade e o outro mundo, e a memória do seu amante começa a voltar, os dois aprendem que nada está realmente morto e enterrado. Em especial quando se está preso numa guerra entre anjos e demónios. Com a alma em jogo, e o coração de Mels em risco, o que irá ser preciso para salvar ambos?

“O Dia da Águia”, de Robert Muchamore – Porto Editora [Novidade]

1239474_564658600238320_1186855493_n

Título: O Dia da Águia
Autor: Robert Muchamore
Coleção: Henderson’s Boys
Tradução: Miguel Marques da Silva
Págs.: 384
Capa: mole
PVP: 12,90 €

Segundo livro da terceira série do autor da coleção de sucesso CHERUB

Três meses depois da publicação de A Evasão, primeiro livro de Henderson’s Boys, uma nova coleção de Robert Muchamore, autor da saga de sucesso CHERUB, a Porto Editora vai lançar, a 30 de agosto, a segunda aventura, O Dia da Águia.
A série Henderson’s Boys revela as origens da instituição que dá nome a uma coleção de enorme êxito internacional, a CHERUB, braço juvenil do MI5 britânico.
Em Portugal, até ao momento, venderam-se mais de 330 mil livros de Robert Muchamore. O último título da primeira série, Tsunami, já foi editado e está disponível nas livrarias. Recentemente, a Porto Editora publicou também os dois primeiros livros da segunda série: República Popular e O Anjo da Guarda.
O novo sítio português dedicado às obras do autor, disponível em http://www.mundocherub.com, tem informações sobre todos os livros.

O DIA DA ÁGUIA
Final do verão, 1940.
Hitler conquistou França. Agora, tenciona atravessar o Canal e derrotar a Grã- Bretanha antes da chegada do inverno.
Um grupo de jovens refugiados comandados pelo espião britânico Charles Henderson enfrenta uma escolha difícil: partir para sul em direção à segurança da Espanha neutral ou seguir para norte numa missão arriscada para sabotar os planos de invasão dos alemães? Para efeitos oficiais, estas crianças não existem.

Snap 2013-08-24 at 08.34.53

O AUTOR
Robert Muchamore nasceu a 26 de dezembro de 1972, em Islington, Inglaterra. Trabalhou durante treze anos como detetive privado, mas abandonou a profissão para se dedicar à escrita a tempo inteiro.
Costuma levar quatro a cinco meses a escrever um livro, sendo que dedica o primeiro à pesquisa e o segundo à planificação da história. Só depois escreve. Segundo o próprio, tentar escrever aquilo que gostaria de ter lido aos 13 anos de idade foi a principal razão para a criação da coleção CHERUB.

IMPRENSA

É o autor estrangeiro preferido dos jovens leitores portugueses.
Diário de Notícias

Num país em que os pais se queixam sobre a falta de leitura dos filhos, Muchamore contraria esta situação.
Diário de Notícias

Robert Muchamore é o escritor infantojuvenil da atualidade.
Jornal de Notícias

Robert Muchamore, autor juvenil das séries CHERUB, arrasta multidões. Diário Económico
Livros do britânico Robert Muchamore são um sucesso entre os adolescentes. RTP
Coleção que conquista milhões de jovens. SIC

[Porto Editora]Novidade “O Barão”,de Sveva Casati Modignani

O_Bar_o

Título: O Barão
Autor: Sveva Casati Modignani
Tradução: Regina Valente
Págs.: 504
Capa: mole com badanas
PVP: 16,60 €
Porto Editora | Wook | Goodreads

O Barão é o décimo livro da bestseller italiana publicado pela Porto Editora

A Porto Editora tem vindo a publicar, ao longo dos últimos cinco anos, a obra de uma das autoras de maior sucesso em Portugal: a italiana Sveva Casati Modignani. Nesse sentido, espera-se que a publicação do romance O Barão, a 30 de agosto, marque a chamada rentrée literária e represente um novo êxito.
Obras como Baunilha e Chocolate e Um Dia Naquele Inverno fizeram de Sveva um caso ímpar de popularidade e fidelidade por parte das leitoras. Depois de O Diabo e a Gemada, livro autobiográfico lançado em março, a Porto Editora publica um romance muito aguardado pelas fãs da autora. O Barão mostra os meandros de uma sociedade em que os velhos paradigmas sociais entram em confronto com uma classe disposta a tudo para ascender ao poder, criando um mosaico de personagens vibrantes.

Sinopse:

Bruno Brian di Monreale, o Barão, como é conhecido, é o último descendente de uma antiga e nobre família siciliana. Bruno cresce na Califórnia, com um pai severo e distante e uma mãe dividida entre um casamento precipitado, onde não existe amor, e uma paixão deixada na sua Sicília longínqua. Mas são as raízes sicilianas que levam Bruno a regressar à sua ilha natal, ao seu avô, um velho aristocrata, e a Calò, o padrinho sempre presente. Serão estas duas figuras que lhe irão transmitir o saber ancestral das velhas famílias da nobreza e da sua ética e código de justiça. Bruno di Monreale envolve-se nos negócios do petróleo e das grandes multinacionais, tornando-se num homem poderoso e fascinante. Os amores inconsequentes e os casos fortuitos sucedem-se na sua vida glamorosa mas dominada pela insatisfação, até que se cruza com Karin, uma mulher reservada e misteriosa – o desafio por que Bruno ansiava e que lhe irá trazer o equilíbrio há tanto desejado.

Autora:

Reconhecida como a grande signora do bestseller italiano, com mais de 11 milhões de exemplares vendidos, Sveva Casati Modignani está traduzida em 17 países e é hoje uma das autoras mais populares em Portugal. No catálogo da Porto Editora figuram já os seus romances Feminino Singular, Baunilha e Chocolate, O Jogo da Verdade, Desesperadamente Giulia, O Esplendor da Vida, A Siciliana, Mister Gregory, A Viela da Duquesa e Um Dia Naquele Inverno. A sua obra autobiográfica, O Diabo e a Gemada também já se encontra publicada no catálogo da Porto Editora.
Sveva Casati Modignani está no Facebook.

Quinta Essência – Novidades

1174574_350895941710368_260109264_n

Páginas: 344
ISBN: 9789897260810
Disponível a 1 de Setembro

A conservadora de arte Callie Burke não está contente com a sua lucrativa nova missão. Restaurar uma obra-prima adquirida pelo implacável magnata Jack Walker devia ter sido o projeto de uma vida. Mas o problema não é o quadro – é que o sensual proprietário é uma obra de arte perfeita de seu próprio direito. A atração é recíproca, mas Callie sabe que misturar negócios e prazer é má idéia – e não apenas porque ela não pertence àquele mundo de privilégios: ela tem um segredo a esconder… um segredo que deve permanecer enterrado. No entanto, depois de se mudar para a mansão de Jack para fazer o trabalho, a centelha inegável entre ambos transforma- se numa paixão que tudo consome… e o passado oculto dela ameaça destruir qualquer possível futuro para eles. Ao dar nova vida ao quadro, Callie sabe que o seu tempo com Jack é limitado… a menos que o amor possa de alguma forma encontrar uma forma de transformar um solteirão inveterado no marido dos sonhos dela.

ac81d-250_9789897260759_destinos_cruzados

Número Páginas: 416
ISBN:9789897260759
Disponível a 1 de Setembro

Holly O’Neill tem uma loja de roupas vintage, um filho de dez anos que ama e uma fada madrinha misteriosa que, a cada momento crucial da sua vida, tem um berloque para adicionar à sua pulseira, que assim se torna o seu bem mais precioso. Um dia, quando encontra a pulseira de outra pessoa num dos casacos da sua loja, sente que tem de a reunir com o seu proprietário. Greg é um corretor da bolsa e tem uma namorada perfeita com quem quer casar, mas decidiu deixar Wall Street para prosseguir a sua verdadeira paixão: a fotografia. Holly e Greg não se conhecem e não têm nada em comum. Vai ser precisa a magia de Nova Iorque, um pouco de sorte e outra pulseira da felicidade para os fazer encontrar…

Férias! Finalmente!

O Mil estrelas no colo vai de férias! Finalmente! Por isso não estranhem se o blogue estiver parado. Volto dia 14 por isso só a partir de dia 15 é que haverá novidades por aqui.

summer-reading

 

Encontrei esta imagem e ela não poderia me representar melhor porque pela primeira vez não levo livros durante as férias. Mas calma. Levo antes o meu ereader já que não tenho muito espaço. Levo imensos livros e nem sei por onde comece! Espero apanhar muito sol, beber muitos cocktails, ler e descansar muito! Vejo vocês em breve! Um beijo!

Recomendação de Agosto 2013

A recomendação do mês de Agosto recaí num livro recentemente publicado pela ASA. Um livro que me fascinou e me deixou completamente agarrada desde o início. Podem encontrar a opinião do livro aqui: https://estrelasnocolo.wordpress.com/2013/07/08/sozinhos-na-ilha-tracey-garvis-graves-opiniao/

18069751

 

Sinopse:
Uma ilha deserta plena de sol, vegetação luxuriante e mar cristalino é um cenário de sonho. Ou talvez não… Anna Emerson decide quebrar a sua rotina e deixar Chicago para dar aulas numa ilha tropical. Por seu lado, T. J. Callahan só quer voltar a ter uma vida normal após a sua luta contra o cancro. Mas os pais empurram-no para umas férias num destino exótico. Anna e T. J. estão a sobrevoar as ilhas das Maldivas a bordo de um pequeno avião quando o impensável acontece: o aparelho despenha-se no mar infestado de tubarões. Conseguem chegar a uma ilha deserta. Sãos e salvos, festejam e aguardam, convictos de que serão encontrados em breve. Ao início, preocupam-se apenas com a sobrevivência imediata e imaginam como será contar tamanha aventura aos amigos. Nunca a citadina Anna se imaginou a caçar para comer. T. J. dá por si a lutar com um tubarão e a ser acolhido por simpáticos golfinhos. Os dois jovens descobrem-se timidamente e exploram a ilha. Mas à medida que os dias se transformam em semanas, e depois em meses, as hipóteses de serem salvos são cada vez menores. Ambos têm sonhos por cumprir e vidas por retomar, e é cada vez mais difícil evitar a grande questão: conseguirão um dia sair daquela ilha?