Entrelace – Diana Scarpine [Divulgação]

Título: Entrelace, caminhos que se cruzam ao acaso

Autora: Diana Scarpine

Sinopse:
Um homem. Uma mulher. Aparentemente desconhecidos, separados por quilômetros de distância, mas unidos pelo amor… Destinos entrelaçados pelo acaso, mas implacavelmente afastados pelo preconceito… Amor e preconceito digladiando-se num profundo e intenso embate… Será o amor capaz de vencer o preconceito? Ou o preconceito será capaz de subjugar o amor presente no coração de uma mulher?

***
Excerto do livro:
“Fitei seu rosto. Seu olhar era decidido, sua face enrubescida estava ainda mais bela. Seus lábios entreabertos pareciam ansiar ardentemente por um beijo. Tudo nela parecia recender a desejo”.

Prólogo

Não me pergunte como, mas eu sempre soube. Sempre soube que o encontraria quando ele estivesse longe de mim. Sabia que o reconheceria pelo brilho intenso do azul de seus olhos, mas eu não sabia onde ele estava e como encontrá-lo.
Em vão, procurei-o em muitos olhares e não o encontrei. Eu começava a questionar minhas certezas até que, num momento mágico de uma calma noite de domingo, os fios que compõem as redes virtuais estremeceram num giro rápido do destino e nossos caminhos se cruzaram. Eu só não sabia que nossas vidas já estavam entrelaçadas e que eu, apenas eu, poderia vir a ser a pessoa capaz de romper os fios que ligavam a minha vida a dele. Mas será que era certo acabar com um amor tão grande por um motivo tão fútil?
**** Continuar a ler

Cidades de Papel – John Green [Novidade Editorial Presença]

Cidades de Papel
John Green

Título Original: Paper Towns
Tradução: António Carlos Andrade
Ilustração: Stephen Waterhouse
Páginas: 344
Coleção: Noites Claras nº 16
PREÇO SEM IVA: 15,00€ / PREÇO COM IVA: 15,90€
ISBN: 978-972-23-4996-3

GÉNERO: Juvenil.
PÚBLICO-ALVO: A partir dos 14 anos.

Pode comprar aqui: Editorial Presença

Data de Publicação: 19 Fevereiro 2013

AUTOR BESTSELLER DO NEW YORK TIMES
VENCEDOR DO PRINTZ E EDGAR AWARD

LIVRO
Quentin Jacobsen e Margo Roth Spiegelman são vizinhos e amigos de infância, mas há vários anos que não convivem de perto. Agora que se reencontraram, as velhas cumplicidades são reavivadas, e Margot consegue convencer Quentin a segui-la num engenhoso esquema de vingança. Mas Margot, sempre misteriosa, desaparece inesperadamente, deixando a Quentin uma série de elaboradas pistas que ele terá de descodificar se quiser alguma vez voltar a vê-la. Mas quanto mais perto Quentin está de a encontrar, mais se apercebe de que desconhece quem é verdadeiramente a enigmática Margot. Um romance entusiasmante, sobre a liberdade, o amor e o fim da adolescência. Continuar a ler

Resultado do Passatempo – Dia de S. Valentim

Quero agradecer a todos os participantes que apesar de terem sido poucos foram todos muitos bons e fizeram com que a minha tarefa de escolher um vencedor fosse mais difícil.

Todas as respostas foram super românticas e muito queridas. Acho que no fim todos nós queremos o mesmo: AMOR.

Depois de ler várias vezes as respostas acabei por me decidir e a vencedora foi: Continuar a ler

Resultado do Passatempo – Cada dia é um milagre – Yasmina Khadra [Bizâncio]

Em primeiro lugar quero agradecer a Bizâncio por proporcionar esta excelente oportunidade aos seguidores do blogue.

No total tivemos 166 participantes! Quero agradecer também a todos os que participaram e pedir-lhes para não se deixarem desmotivar se não foram vocês o sortudo. Irão haver mais oportunidades! Continuem a participar nos passatempos!

Espero que o vencedor goste muito do livro e que o desfrute!

E sem mais demoras o vencedor é: Continuar a ler

Novidades Março 2013 – ASA

A PROVAÇÃO DO INOCENTE, de Agatha Christie (nas livrarias a 8 Março)

PVP C/ IVA 12,50€

Condenado a prisão perpétua, Jacko Argyle sucumbiu a uma pneumonia e acabou por morrer sem conseguir provar a sua inocência. Acusado de assassinar a mãe adotiva, o jovem jurou em tribunal ter um álibi e até uma testemunha. Mas essa pessoa nunca foi encontrada.

Acabado de chegar de uma longa viagem, Arthur Calgary tem informação que permite limpar o nome de Jacko, ainda que postumamente. A inocência de Jacko implica a culpa de outra pessoa… mas só a família estava em casa naquela noite fatal…

A Provação do Inocente (Ordeal by Innocence) foi originalmente publicado em 1958 na Grã-Bretanha, tendo sido editado nos Estados Unidos no ano seguinte. Foi adaptado para o cinema em 1985 e para a televisão em 2007.

Agatha Christie nasceu Agatha May Clarissa Miller, em Torquay, na Grã-Bretanha, em 1890. Em 1971, a Rainha Isabel II consagrou-a com o título de Dame of the British Empire. Deixando para trás um legado universal celebrado em mais de cem línguas, a Rainha do Crime, ou Duquesa da Morte (como ela preferia ser apelidada), morreu em 12 de Janeiro de 1976. Continuar a ler

Ricochete – Sandra Brown [Opinião]

A minha opinião:

Sandra Brown é uma autora de romances já bem conhecida pelo publico leitor português. Com mais de setenta romances publicados, muitos deles bestsellers do New York Times, é uma das autores de policiais mais importantes dos EUA. Antes de se dedicar a escrita esta escritora já trabalhou como modelo assim como na televisão. Distinguida, entre outros, com os prémios Texas Medal of Arts Award for Literature e o Thriller Master de 2008,a sua distinção máxima foi atribuída pela International Thriller Writer’s Association.

Em Portugal conta neste momento com 6 livros publicados, sendo o último “Letal” publicado este mês pela Quinta Essência. Ricochete foi publicado em 2011 e conta a história do detective Duncan Hatcher e de uma investigação que leva a cabo sobre uma mulher que matou um homem em legítima defesa. No entanto esta história não é tão simples como parece e o leitor aos poucos vê-se envolvido numa trama densa e confusa. Mas afinal o que se passa? Quem é o verdadeiro assassino? E mais importante que isso qual o porquê de tudo isto?

Várias são as questões que surgem ao longo do livro. Sandra Brown com este romance tem a capacidade de confundir o leitor e de o fazer questionar-se muitas vezes. Mas afinal o que se passa? Com muitas dúvidas e com a curiosidade aguçada o leitor vê-se impelido a continuar e para que assim se consiga aos poucos ir descobrindo o que realmente se passou.

Com uma escrita leve e cativante Sandra Brown é sem dúvida uma das minhas escritoras favoritas de policiais. Neste livro ao mesmo tempo que conta uma história intrincada, vai aos poucos dando ao leitor romance e tensão sexual que juntamente com a acção desenrolada faz com que este seja o romance perfeito para entreter o leitor que procura não apenas romance e sim um pouco de mistério e acção. Continuar a ler

Novidades Quinta Essência – Março 2013

Titulo: Um Pequeno Escândalo
Autor: Patricia Cabot
Lançamento: 8 de março

Juraram renunciar ao amor… mas não resistem ao jogo da sedução

Sinopse: Quando a bela Kate Mayhew é contratada como dama de companhia de Isabel, a filha obstinada de Burke Traherne, o marquês vê-se numa situação impossível. Dividido entre saber que ela é exatamente aquilo de que Isabel precisa mas, para ele, a pior tentação possível, encontra-se constantemente perto de alguém que ameaça a sua independência. Conhecido pelo seu autodomínio férreo desde o dia em que apanhou a mulher com um amante, Burke jurou nunca mais arriscar-se a casar.
Ao aceitar a oferta de emprego de Sua Senhoria, a temperamental Kate enfrenta dois perigos: sua atração irresistível por um homem que abdicou do amor, e um encontro com o seu próprio passado escandaloso… que ela não pode manter secreto para sempre.
Kate Mayhew costumava fazer parte da sociedade, até que os pais morreram em circunstâncias misteriosas e escandalosas. Agora, o melhor que pode esperar é ser governanta… até que o famoso Burke Traherne, marquês de Wingate, a contrata para ser dama de companhia da sua rebelde filha Isabel.

Titulo: Férias em Saint-Tropez
Autor: Elizabeth Adler
Lançamento: 8 de março

Um mistério cheio de glamour no encantador sul da França…

Sinopse: Numa villa em St. Tropez, no sul da França, cinco turistas que não se conhecem – todos eles a fugirem da sua vida do dia-a-dia – veem-se reunidos à força no pequeno Hotel dos Sonhos.
Chez Violette parecera ser o refúgio perfeito para o detetive privado Mac Reilly e a sua namorada/parceira, Sunny Alvarez, e para os seus cães Pirate e Tesoro. Sunny chega primeiro e descobre que foram enganados, juntamente com várias outras pessoas que julgaram estar a alugar aquela elegante casa na riviera francesa. De repente e de forma inesperada, são forçados a solucionar um crime e a desvendar um homicídio, tendo como pano de fundo a soalheira e glamorosa Saint-Tropez.

Titulo: Encontras-me no Fim do Mundo
Autor: Nicolas Barreau
Lançamento: 8 de março Continuar a ler

O Trio da Dama Negra – Irene Adler [Novidade Civilização]

Título: O Trio da Dama Negra
Autora: Irene Adler
Título original: Il Trio della Dama Nera
Tradução: Francesco Mai
Páginas: 224
Subfamília: Jovens e Adolescentes – Ficção Juvenil
ISBN: 978-972-26-3585-1
PVP: 9,20 €
Lançamento: Fevereiro de 2013

Do autor das coleções Will Moogley, Os Detetives da Viela Voltaire ou Agência de Fantasmas

Civilização publica O Trio da Dama Negra, de Pierdomenico Baccalario

Sherlock Holmes, Arsène Lupin e Irene Adler conhecem-se, ainda em crianças, em Saint-Malo, por volta de 1870. Deveriam estar de férias, mas o destino trocou-lhes as voltas e os três veem-se envolvidos num crime. O Trio da Dama Negra é o primeiro título de uma nova coleção de aventuras, mistério e crime, com a assinatura do muito conhecido Pierdomenico Baccalario – aqui sob o pseudónimo de Irene Adler.

Tendo como protagonistas três das mais carismáticas e misteriosas personagens do mundo do crime e dos policiais dos finais do século XIX, o Trio da Dama Negra é uma narrativa assinada na primeira pessoa, Irene Adler, uma personagem ficcionada e uma figura feminina muito carismática das histórias de Sir Arthur Conan Doyle sobre Sherlock Holmes, que surge em Um Escândalo na Boémia, publicado em 1891.

Contudo, apesar de aparecer na ficha técnica como correspondente de toda a história, Adler é, na verdade, o pseudónimo utilizado pelos italianos Alessandro Gatti e Pierdomenico Baccalario, autores das coleções de grande sucesso Will Moogley, Os Detetives da Viela Voltaire e de Agência de Fantasmas, editadas em Portugal com a chancela da Civilização. Continuar a ler

Como Tudo Começou – Penelope Lively [Novidade Civilização]

Título: Como Tudo Começou
Autor: Penelope Lively
Páginas: 264
PVP: 16,50 €
Lançamento: Fevereiro de 2013

Sinopse: Quando Charlotte é assaltada e fratura a anca, a sua filha Rose não pode acompanhar o patrão, Lord Peters, a Manchester, por isso a sobrinha dele, Marion, tem de ir no seu lugar; Marion envia ao amante uma mensagem escrita que é intercetada pela mulher… e isto é apenas o início de uma cadeia de acontecimentos que irão alterar várias vidas.
Neste romance sedutor, absorvente e escrito de forma brilhante, Penelope Lively mostra-nos como um simples acontecimento acidental pode significar a destruição e salvação de um casamento, uma oportunidade que aparece e depois desaparece, o encontro entre dois amantes que de outra forma nunca se teriam conhecido e a mudança irrevogável de várias vidas. Divertido, humano, comovente e astucioso, Como Tudo Começou é um trabalho brilhante de uma autora que está no seu melhor.

Autor: Penelope Lively cresceu no Egito e aos 12 anos mudou-se para Inglaterra, onde se licenciou em História. Pertence ao Conselho Diretivo da Royal Society of Literature e é membro da PEN e da Society of Authors. Uma prolífica autora de romances e de coletâneas de contos para crianças e adultos, foi nomeada duas vezes para o Prémio Booker e à terceira conquistou-o com Anel de Areia. Continuar a ler

Porto Editora – Ficção Portuguesa – Regresso ao Vaticano com “A Filha do Papa”

Regresso ao Vaticano com A Filha do Papa

Novo thriller de Luís Miguel Rocha elogiado por Rentes de Carvalho e Valter Hugo Mãe

Título: A Filha do Papa
Autor: Luís Miguel Rocha
Págs.: 432 Capa: mole com badanas
PVP: 17,70 €

O novo thriller de Luís Miguel Rocha, o primeiro autor português a figurar no top do New York Times, chama-se A Filha do Papa e está à venda a partir de 11 de Março. Dois dos principais escritores portugueses da atualidade, José Rentes de Carvalho e Valter Hugo Mãe, leram, antecipadamente, esta nova obra e elogiaram o autor.

Depois do enorme sucesso de A Mentira Sagrada, publicado pela Porto Editora em 2011, A Filha do Papa, uma obra cheia de ação, centra-se na figura de Pio XII e lança uma pergunta: terá sido o antissemitismo a verdadeira razão da não beatificação do papa?

OPINIÕES

Há por aí a moda de classificar os livros com estrelas. Cinco para os muito bons. Aos que li de Luís Miguel Rocha, não daria eu essas cinco, que são de pechisbeque e coitadinhas, mas as três com que a Michelin distingue a qualidade e o talento dos cozinheiros do topo. Porque não haja dúvida: no uso dos ingredientes, no preparo das cenas, no ritmo, no desenho dos personagens, no “cozinhar” do enredo, Luís Miguel Rocha é um grand chef.
José Rentes de Carvalho

Um mestre de contar histórias. Exímio a mostrar cada instante e cada pormenor, como se projetasse cinema na nossa imaginação. Este livro é um vírus. Domina-nos.
Valter Hugo Mãe

SINOPSE

Será o antissemitismo a verdadeira razão para o Papa Pio XII não ter sido beatificado?

Quando Niklas, um jovem padre, é raptado, ninguém imagina que esse acontecimento é apenas o início de uma grande conspiração que tem como objetivo acabar com um dos segredos mais bem guardados do Vaticano – a filha do Papa Pio XII. Rafael, um agente da Santa Sé fiel à sua Igreja e à sua fé, tem como missão descobrir quem se esconde por detrás de todos os crimes que se sucedem e evitar a todo o custo que algo aconteça à filha do Papa. Conseguirá Rafael ser uma vez mais bem-sucedido? Ou desta vez a Igreja Católica não será poupada? Continuar a ler