Um Amor Quase Perfeito – Sherry Thomas

Sinopse:
Durante dez anos Camden e Gigi, Lorde e Lady Tremaine, tiveram o mais perfeito dos casamentos, baseado na cortesia, no respeito e… na distância. Um segredo, uma traição e um oceano separa-nos desde o dia seguinte ao seu enlace. Gigi vive na bela mansão londrina do casal, enquanto Camden se estabeleceu em Nova Iorque. Nenhum se mete na vida do outro.
Agora as coisas vão mudar. Gigi decidiu agarrar-se à sua última oportunidade de ser feliz e aceitar a proposta de casamento do seu pretendente, Lorde Frederick. Assim, escreve ao marido, enviando-lhe os papéis do divórcio. Mas em vez de devolvê-los assinados, Camden apresenta-se à porta da mansão de Londres para lhe oferecer um acordo: vai conceder-lhe o divórcio, mas antes Gigi deve dar-lhe um filho, um herdeiro. Se ela não aceitar, ele não lhe concede o divórcio. Gigi aceita, mas impõe um período de um ano.
Um ano em que se acumulam as lembranças da paixão que outrora os uniu, um ano em que segredos são revelados, um ano em que o desejo volta mesmo contra vontade, e um ano em que ambos devem decidir se o casal mais admirado de Londres deve voltar a apaixonar-se… ou separar-se para sempre.

A minha opinião:
Este romance foi uma surpresa muito agradável. Apesar de já ter lido O Fruto Proibido da mesma autora e ter adorado, ainda não tinha lido nenhuma opinião sobre este livro. O livro cativou-me logo desde o início porque é uma história que se desenrola logo, não é daqueles livros que temos de ler banstantes capítulos então para realmente começar a “acção”.

A escrita de Sherry Thomas é sensacional…linda…cativante…adoro a maneira como descreve as situações e a sua maneira de descrever o ambiente ao seu redor, as roupas, os jantares e os “chás” é muito bonita, sempre guarnecida de pormenores exuberantes.
As personagens são cativantes, descrevem um homem lindo e frio e uma mulher inteligente e apaixonada. O livro aborda a paixão súbita e as loucuras que estas levam os apaixonados a cometer…loucuras essas que os podem marcar pelo resto da vida… A confiança é também um dos pontos principais do desenrolar da história. Como amar e voltar a confiar em alguém que traiu a sua confiança de maneira tão fria?

O livro é composto  por analepses o que nós leva ao passado e ajuda a conhecer as personagens e o que aconteceu para chegarem ao ponto que estão nos dias de hoje. É uma história original, sensual e cheia de carisma que tenho a certeza irá conquistar qualquer apreciador deste genéro de romances. Recomendo vivamente, é um livro lindo e de leitura fácil! 
Anúncios

Laços de Sangue – Charlaine Harris

Sinopse:
Depois do desastre natural do furacão Katrina e do horror criado pelo homem da explosão na cimeira de Vampiros, Sookie Stackhouse vive segura mas atordoada, ansiando que as coisas voltem ao normal. Mas o seu namorado, Quinn, é um dos desaparecidos. E as coisas mudam, quer isso agrade ou não aos lobisomens e aos vampiros do seu canto do Louisiana. Nas batalhas que se seguem, Sookie enfrenta perigo, morte… e, mais uma vez, a traição de alguém que ama. Mesmo que deixe de haver pêlo de lobo no ar e mesmo que o sangue frio dos vampiros deixe de jorrar, o seu mundo não voltará a ser o mesmo…
A minha opinião:
Que saudades que eu tinha da Sookie…já a algum tempo que não lia nada desta série e este livro veio como uma lufada de ar fresco! Esta é uma das minhas séries preferidas sem sombra de dúvida…adoro as personagens criadas pela escritora. Na minha opinião é uma das escritoras mais criativas que eu já tive a oportunidade de ler.
Neste livro Sookie “voltou” a sua rotina diária mas o seu namorado Quinn continua desaparecido e esta não sabe onde ele possa estar. O livro desenrola-se na minha opinião de uma maneira diferente dos outros, porque ao contrário dos outros este livro centra-se mais na Sookie. Neste livro a Sookie não me parece tão solitária como nos outros.
Este livro continua a se centrar ainda nas lutas que acontecem no mundo sobrenatural e nas quais Sookie vê-se arrastada sem poder sair delas. Sookie conhece o avó e aqui muitas coisas são desvendadas sobre a família desta. Eric continua a exercer uma forte influência em Sookie (algo que me deixa extremamente agradada! lol)
Neste livro os tópicos principais centram-se nas novas lideranças acordadas, ou seja, no mundo dos lobisomens e no mundo dos vampiros são eleitos novos reis e chefes. De uma maneira geral foi um livro que me agradou muito =)

A escritora com a sua escrita envolvente consegue prender-nos do inicio ao fim, através de momentos de riso, dor, suspense e sensualidade. Sookie continua a nos presentear com as suas alucinadas aventuras que nós fazem esperar cada vez por mais. Este livro tem um final em aberto o que me deixou muito ansiosa para ler o próximo volume.
Não será de mais recordar que é um feito da escritora, escrever uma série tão grande e nós deixar sempre com curiosidade por descobrir cada vez mais. Adoro a humanidade explicita de Sookie, é uma personagem que poderia ser a nossa vizinha do lado. RECOMENDO =)

Perfume de Paixão – Jude Deveraux

Sinopse:
“Noiva do encantador e sedutor Greg Anders, Sara Shaw mal consegue esperar pelo dia do seu casamento em Edilean, na Virgínia. Mas apenas três semanas antes do dia do casamento, Greg recebe um telefonema durante a noite e sai sem dar qualquer explicação. Dois dias mais tarde, um homem aparece através de um alçapão no soalho da casa de Sara, afirmando que é o irmão da sua melhor amiga e informando-a que se vai mudar para casa dela. Embora Mike Newland esteja realmente a dizer a verdade sobre a sua identidade, a razão que o levou ali tem muito mais que se lhe diga. É um detective que trabalha infiltrado; a sua missão é usar Sara para descobrir o paradeiro de uma mulher — uma das criminosas mais notórias dos Estados Unidos — que, por acaso, é a mãe do homem com quem Sara tenciona casar. Mike acredita que a investigação não será difícil — isto é, caso consiga arranjar maneira de fazer com que uma jovem de «boas famílias» como Sara confie em si. No entanto, Mike não faz a mais pequena ideia do que aquela missão lhe reserva. Esforçouse ao máximo para esconder as suas ligações a Edilean, as quais remontam ao tempo em que a sua avó vivera naquela localidade, em 1941. Mas à medida que Mike e Sara se vão conhecendo, ele não consegue evitar partilhar segredos que nunca tinha partilhado com ninguém. Enquanto trabalham juntos para resolverem os dois mistérios, o amor crescente que desabrocha entre os dois começa a sarar cicatrizes de uma forma que nunca teriam imaginado ser possível.”
A minha opinião:
Que livro lindo! Gostei muito! Demorei mais a ler este mas é por andar ocupada e não por estar aborrecida. O livro passa-se exactamente como está descrito na sinopse. Gostei muito deste romance de Jude Deveraux. Já tinha lido anteriormente o Jardim de Alfazema e decidi comprar este também porque apaixonei-me pelos livros da autora. Uma das características dos livros desta autora (pelo menos estes dois), é que ambos os livros guardam um segredo que envolvem uma casa histórica. A escrita da autora é fluente e muita fácil de acompanhar. Da minha perspectiva não a vejo como uma escrita descritiva. 
Adorei as personagens de mais este livro, que só as conhecia ligeiramente do Jardim de Alfazema. Criei logo grande empatia com a Sara, uma das personagens principais e claro com o seu maravilhoso detective! Gostei especialmente da descrição dos seus mais variados músculos! Ahahahaha estou a brincar! Mas a sério que gostei muito das personagens. 
Gostei também das cenas de luta descritas pela autora (que segundo ela foi com a ajuda de um amigo seu que é detective que as escreveu), na minha opinião não forem irreais o que faz com que torne o livro mais real.
Tem de tudo no livro, desde paixão, sensualidade e várias peripécias que tornam o livro uma delícia 🙂

Imperfeitos – Scott Westerfeld

 
Sinopse:
 
Num mundo de extrema beleza, a normalidade é sinónimo de imperfeição.
Num futuro não tão distante quanto isso, não há guerras, nem fome, nem pobreza. O mundo é perfeito. Todos são perfeitos. Pelo menos, depois de completarem 16 anos. Qualquer um pode ter a aparência de um supermodelo… e que mal haveria nisso?
Tally Youngblood mal pode esperar pelo seu décimo sexto aniversário, altura em que será submetida à cirurgia radical que a transformará de uma mera Imperfeita para uma deslumbrante Perfeita. Uns lábios bem delineados, um nariz proporcional, um corpo ideal… é tudo o que sempre quis. Já para não falar que uma vida de diversão num paraí so de alta tecnologia espera por si.
Mas quando a sua melhor amiga decide virar as costas a esta vida perfeita e foge, Tally descobre um lado inteiramente novo do mundo dos Perfeitos – e que, por sinal, nada tem de perfeito. É então forçada a fazer a pior escolha possível: encontrar a amiga e traí-la ou perder para sempre a possibilidade de se tornar Perfeita.
Seja qual for a sua decisão, a sua vida nunca mais será a mesma. 
 
A minha opinião:
Este foi um livro que demorei mais do que o habitual a ler porque o início não me prendeu muito e também porque li outros em simultâneo! Mas logo que apanhei o ritmo e fiquei com mais tempo livre, bastou apenas 2 dias para terminar mais de metade do livro.
Para começar gostei muito do facto de ter muitos capítulos, porque quando são capítulos muito grandes as vezes aborrece, queremos acabar e nunca mais chega ao fim do capítulo!
Adorei as personagens, a maior parte deles adolescentes. Gostei de como a história toda se desenrolou e gostei como as cenas foram descritas…é realmente um mundo diferente e assombroso!
Uma das coisas que gostei muito é que não houve durante o livro muitos dos dramas de adolescentes que normalmente se encontra neste género.
O livro começa por contar a história de Tally uma jovem de 16 anos que mora numa cidade onde todas as pessoas são perfeitas, ou seja, têm todos os traçoes fisicos e de caracter que tornam uma pessoa apelativa perante os outros. Quando completam 16 anos fazem uma cirurgia que os tornam assim…Perfeitas.
O inesperado acontece quando a sua melhor amiga foge por não querer fazer a cirurgia e confidenciar-lhe que existem outros como ela que vivem na cidade do Fumo, que são denominados de Fumegantes. 
Mesmo assim Tally não acredita na amiga e decide ficar e fazer a cirurgia. Mas algo corre mal e acabar por se ver envolta numa trama. Acaba por ter de ir à procura dos denominados Fumegantes…os Imperfeitos como ela. Quando chega a cidade, conhece David e acaba tornando-se muito próxima deste. Depois disto muita coisa sucede que vai determinar o futuro de Perfeita de Tally. 
É de facto um livro a não perder. Um livro que nós mostra um mundo realmente fantástico!

O Fruto Proibido – Sherry Thomas

Sinopse:
Famosa em Paris, mal-afamada em Londres. Verity Durant é tão conhecida pelos seus dotes culinários quanto pela sua vida amorosa. Contudo, essa será a menor das surpresas que espera o seu novo empregador quando este chega a Fairleigh Park, a propriedade que acaba de herdar após a inesperada morte do seu irmão.
Para Stuart Somerset, uma estrela política em ascensão, Verity Durant é apenas um nome e a comida é apenas comida, até degistar o primeiro prato confeccionado por ela. Até então, a única vez que experimentara tamanho despertar dos sentidos fora numa perigosa noite de paixão com uma estranha que desaparecera com a madrugada. Dez anos de espera pelo prato principal é muito tempo, mas quando Verity Durant entra na sua vida, apenas uma coisa conseguirá satisfazer Stuart. O apetite dele pela luxúria será vingança ou o mais excepcional dos acepipes – o amor? O passado de Verity alberga um segredo que poderá devorá-los a ambos, ao mesmo tempo que tentam alcançar o mais delicioso dos frutos…

A Minha Opinião:
Não conhecia a autora, foi a primeira vez que li algo dela e por isso mesmo fui de olhos vendados para este lindo romance e praticamente sem expectativas. Gostei muito da escrita, muito fluente e criativa. A autora criou personagens inteligentes e apaixonadas. Este livro é quase como um duplo romance e esse foi um facto que me agradou muito.
Foi uma delícia para os sentidos ler esta romance já que a personagem principal Verity é uma afamada cozinheira e ao longo do livro são descritos os vários pratos que esta confeciona. E são maravilhosos e bemd escritos, confesso que houve algumas vezes que cheguei a ficar mesmo com fome só de visualizar as sobremesas de chocolate…os croissants…as madalenas…os vários tipos de carne e peixe…
É um despertar dos sentidos!! E além destes pormenores todos a autora brinda-nos também com muita dose de sensualidade e paixão, com alguns segredos obscuros que o leitor não perde a vontade de os desvendar!
É um conto da Cinderela da época Vitoriana =) E acabaram por “viver felizes para sempre”! 
Adorei o livro! Foi um romance lindo que nos faz sonhar e sonhar =)
Gostei muito da capa…é mesmo linda e veio também um marcador lindo que dá para colocar na porta do frigorifico! 

10 dicas para incentivar a criança a ler

Encontrei estas dicas no Blog Chá da Meia-Noite e não resisti em partilhar 🙂
1. RESPEITAR O RITMO DA CRIANÇA
Não se preocupe se o livro escolhido pelo seu filho parecer infantil demais. Cada criança tem um ritmo diferente. O importante é que o livro esteja sempre presente. A criança costuma dar sinais quando se sente preparada para passar para um próximo nível de leitura. “É preciso estudar o outro, entender o que ele gosta e respeitar as preferências”, afirma Maria Afonsina Matos, coordenadora do Centro de Estudos da Leitura da Uesb.
2. SEGUIR O GOSTO DA CRIANÇA
Talvez o que o seu filho gosta de ler não seja exatamente o que você gostaria que ele lesse. Mas, para adquirir o hábito a leitura, é preciso sentir prazer. Então, se o seu filho prefere ler livros de super-heróis aos clássicos contos de fada, por exemplo, não se preocupe (e nem pense em proibi-lo!). “É importante entender a criança e lhe proporcionar leituras que atendam aos seus desejos”, diz Rosane Lunardelli, da UEL.
3. FAZER PASSEIOS PARA TRAZER A LEITURA PARA O QUOTIDIANO
“Os pais precisam dar possibilidades para que as crianças se sintam envolvidas pela leitura”, recomenda Lucinea Rezende, da UEL. Por isso, no seu tempo livre, procure fazer atividades com o seu filho que você possa relacionar com um livro. Uma ida ao zoológico, por exemplo, torna-se muito mais interessante depois que a criança leu um livro sobre o reino animal. E vice-versa: uma leitura sobre animais é mais bacana depois que a criança teve a oportunidade de ver de perto os bichinhos. E, assim como essa, há muitas outras maneiras de juntar passeios de fim de semana com a leitura: livro de experiências + visita a museu de ciências, livro de história + passeio em local histórico, visita a museu de arte + livro infantil sobre arte… As possibilidades são inúmeras!
4. LER ANTES DE DORMIR
Incentive o seu filho a ler todas as noites. E, se ele ainda não for alfabetizado, conte histórias para ele antes de dormir. Por isso, é importante que ele tenha uma fonte de iluminação direta ao lado da cama, como um abajur. Uma ideia bacana é dar um presente para a criança nos fins de semana: permita que ela fique acordada até um pouco mais tarde para ler na antes de dormir. A professora Maria Afonsina Matos, da Uesb, relata que costumava contar histórias para os seus filhos todas as noites. “Hoje eles são adultos que leem muito”, conta.
5. IMPROVISAR DRAMATIZAÇÕES DOS LIVROS
Concluída a leitura de um livro, os pais podem organizar peças de teatro baseadas na obra”, sugere Lucinea Rezende, da UEL. Uma boa ideia é convidar outras crianças para participar da atividade. Os adultos podem ajudá-las a elaborar uma espécie de roteiro e pensar nas vestimentas e nos cenários a serem criados. Depois dos ensaios, a peça pode ser apresentada para um grupo de pais ou para toda a família. Também é interessante gravar com o celular ou uma filmadora a encenação da peça, para que depois a criança possa ver o próprio desempenho
6. ‘PUBLICAR’ O LIVRO DA CRIANÇA
Proponha para o seu filho que ele faça o próprio livro. “As crianças gostam de criar histórias, viver personagens, imaginar paisagens”, diz Maria Afonsina Matos, da Uesb. Primeiro, peça que ele tire fotos (e imprima-as) ou recorte figuras de revistas antigas. Depois, a partir das imagens, peça que ele escreva uma história. Ajude-o a criar uma capa para o livro e, por fim, coloque-o na estante, junto com outros livros. Que criança não adoraria ter um livro de sua autoria na biblioteca de casa?
7. ORGANIZAR UM CLUBE DO LIVRO
Convide amigos e colegas de escola do seu filho para uma espécie de festa da leitura. No início, cada criança lê o trecho de um livro que pode até ser escolhido por eles (mas com orientação dos adultos). Depois de lida a obra, organize um debate sobre a história. Tudo isso pode ser feito durante uma tarde de sábado ou domingo, com direito a guloseimas que as crianças adoram, como cachorro-quente e chocolate quente (no fim de semana, pode!). “Na infância, a leitura tem de estar ligada a uma atividade divertida”, afirma Rosane Lunardelli, da UEL.
8. AJUDAR A CRIANÇA A LER MELHOR
Muitas crianças ficam frustradas por ler muito devagar em voz alta. Se é o caso do seu filho, você pode ajudá-lo fazendo exercícios, como cronometrar o tempo que ele leva para ler um texto ou o trecho de um livro em voz alta. A atividade pode ser repetida várias vezes em dias diferentes e, assim, a criança vai poder comprovar o próprio desenvolvimento. Para aprimorar a atividade, peça que ele faça vozes diferentes para cara personagem da história. “A sonoridade fascina as crianças”, explica Lucinea Rezende, da UEL.
9. NÃO DEIXAR DE LER PARA A CRIANÇA
Após a alfabetização, é importante incentivar que a criança leia sozinha, mas isso não significa que você deva parar de ler para ela. Quando um adulto lê em voz alta um livro um pouco mais difícil, a criança é capaz de compreendê-lo, o que provavelmente não aconteceria se ela estivesse lendo sozinha. Abuse das vozes diferentes, dos sons, das entonações. Assim, a história fica muito mais emocionante. Parlendas e músicas, por exemplo, são ideais para serem lidas em voz alta. “Histórias lidas em voz alta e com emoção deixam as crianças mais leves, mais soltas”, afirma Maria Afonsina Matos, da Uesb.
10. FREQUENTAR LIVRARIAS E BIBLIOTECAS
“Para adquirir o gosto pela leitura, a criança precisa se familiarizar com o ambiente de leitura”, diz Rosane Lunardelli, da UEL. E, enquanto o acervo literário de casa é limitado, nas livrarias e nas bibliotecas a criança pode ter contato com uma infinidade de obras diferentes. Transforme as idas a livrarias, bibliotecas e feiras do livro em um programa de fim de semana. Hoje, nas grandes cidades, muitas livrarias e bibliotecas públicas oferecem atividades específicas para as crianças. E esse programa ainda é de graça. Algumas livrarias, inclusive, têm espaços para leitura (sem que os livros precisem ser comprados!).