A lua de Joana – Maria Teresa Maia Gonzalez

Sinopse:
“A Lua de Joana é uma história de uma rapariga chamada Joana que perdeu a sua melhor amiga Marta que morrera de overdose. Este livro pode ser considerado uma espécie de diário (apesar de não o ser) porque Joana escreve cartas para uma amiga que já morreu. Conta-lhe todos os acontecimentos do seu dia-a-dia. Joana é também uma excelente aluna, reconhecida por todos e acarinhada pelos professores e amigos, mas a sua melhor amiga já não faz parte da escola, já não faz parte, da turma, já nem partilha a sua mesa nas salas de aula. No decorrer desta história Joana tenta agir com normalidade apoiando-se sempre na sua avó, sendo esta sua única conselheira. Este livro age também como alerta aos pais desatentos, ora os de Joana sentiam nela uma pessoa adulta responsável, logo pensavam que não tinham que se preocupar com ela digamos que também não eram propriamente presentes, o seu pai é um médico prestigiado, passa a vida fora em reuniões, visitas ao domicilio e raramente está presente no seu dia-a-dia ou em casa, já a sua mãe é dona de um pronto-a-vestir, preocupadíssima com seu outro filho, irmão de Joana, cuja relação era um tanto ou quanto crítica. Joana chamava-o de Pré-histórico, pelos trajes e visual que habitualmente usava, pela decoração do quarto, que estava sempre num caos. Há um pormenor, no meio do quarto de Joana há uma lua suspensa do tecto por uma corrente, um baloiço imaginado construído só para Joana quando quer pensar coloca o baloiço em posição de quarto crescente, e quando esta triste roda-o para quarto minguante e ali se senta até que a tristeza lhe passe.”

Foi através de uma amiga que eu ouvi falar deste livro. Li-o muito rapidamente porque fala de assuntos dos quais gosto muito, adolescência e drogas. O livro é muito comovente e acho que está numa linguagem apropriada para todas as idades. Este é um daqueles livros que tanto os adolescentes como os pais deveriam ler. Quando o acabei de ler, não sabia o que pensar, fiquei com o coração pesado e lembrei-me que uma vez uma professora disse-me que deveriámos prestar mais atenção aos adolescentes que são muito normais do que aqueles que não são, e neste caso deveria ter sido assim. Recomendo!

Coma – Robin Cook

Sinopse:
“Até uma certa manhã de inverno, o prestígio do Hospital Memorial de Boston parecia inabalável, quando a tranquilidade do trabalho dos médicos e enfermeiras é quebrada por uma estranha série de acontecimentos. Inexplicavelmente, vários pacientes submetidos a cirurgias, saem da Sala de Operações nº 8 com cérebros destruídos. Susan Wheeler – uma estudante de medicina – ao investigar a causa das mortes descobre uma trama criminosa envolvendo o comércio de órgãos para transplante, e passa a correr risco de vida.”

Eu AMO Robin Cook, a sério, sou louca pelos livros dele! São mesmo bons! Passei a minha adolescência a ler os livros dele e posso vos garantir que diverti-me imenso! 🙂 Aconselho seja lá que livro for!

Fizeram um filme em 1978, eu ainda não vi, mas tenciono:

Laços que perduram – Nicholas Sparks

Sinopse:
“Quando Jim partiu, tão precocemente, da sua vida, Julie temeu afundar-se numa dor sem retorno, temeu não mais ser capaz de amar. Mas, pouco tempo depois da morte do marido, recebe um presente misterioso – uma cachorrinho feio e assustado – e a promessa póstuma de Jim de que será sempre o seu guardião. Aos vinte e nove anos, numa altura em que o poder mágico de Cronos suavizara a sua dor que a dilacerou nos primeiros tempos, Julie é, obviamente, demasiado jovem para desistir do amor. E nem Mike Harris nem Richard Franklin parecem estar dispostos a que isso aconteça…”

Eu adorei este livro, mas eu sou suspeita, porque eu adoro todos os livros do Nicholas Sparks! Lembro-me que ofereceram este livro à minha irmã e eu fiquei mais entusiasmada que ela, tanto que li-o primeiro! 🙂

O dia em que te esqueci – Margarida Rebelo Pinto

«Quando amamos alguém, não perdemos só a cabeça, perdemos também o nosso coração. Ele salta para fora do peito e depois, quando volta, já não é o mesmo, é outro, com cicatrizes novas. Às vezes volta maior, se o amor foi feliz, outras, regressa feito numa bola da de trapos, é preciso reconstruí-lo com paciência, dedicação e muito amor-próprio. E outras vezes não volta. Fica do outro lado da vida, na vida de quem não quis ficar do nosso lado.»

Este livro é a continuação do livro “O Diário da tua ausência”, ou seja, também é escrito em forma de carta. Tenho que confessar que me despertou sentimentos contraditórios. Apesar de eu ter gostado, é tão triste que ao mesmo tempo que te sentes bem por o estares a ler, também te faz sentir muito infeliz! Mas eu gostei e é um bom livro. Recomendo.

Amante de Sonho – Sherrilyn Kenyon

Sinopse:
“Grace Alexander, uma bonita terapeuta sexual de Nova Orleães, julgava estar destinada a uma vida sem paixão. Até ao dia em que a amiga Selena a convence de que, por artes mágicas, poderá convocar um escravo de amor durante um mês. Certa de que a magia da amiga irá falhar, Grace deixa-se levar pela brincadeira. Mas… “

“Caro leitor,
Estar preso num quarto com uma mulher é fabuloso. Estar preso em centenas de quartos ao longo de dois mil anos não o é de todo. E estar amaldiçoado como escravo de amor para a eternidade, arruína qualquer guerreiro espartano. Como escravo de amor, sei tudo sobre as mulheres. Como tocá-las, saboreá-las e, acima de tudo, como dar-lhes prazer. Mas quando fui convocado para satisfazer as fantasias de Grace, encontrei a primeira mulher na história que me viu como um homem com um passado atormentado. Só ela se preocupou em levar-me para fora do quarto e mostrar-me o mundo. Ensinou-me a amar de novo.
Mas eu não nasci para conhecer o amor. Fui amaldiçoado para caminhar sozinho pela eternidade. Como general, aceitara há muito a minha sentença. No entanto, agora encontrara Grace – a única coisa sem a qual o meu coração não consegue sobreviver. Poderá o seu amor curar as minhas feridas e quebrar uma maldição milenar?”
Julian da Macedónia 

Este livro superou as minhas expectativas, posso afirmar com toda a certeza que foi um dos livros mais empolgantes e apaixonantes que li. Uma das coisas que também gostei muito foi por ser tão divertido, a dada altura dava por mim a rir como uma parva! 🙂 A autora criou um personagem masculino que é quase perfeito, bonito, másculo, sensual, inteligente, carinhoso, enfim, o sonho de qualquer mulher!

Tem pormenores sexuais bastante explícitos, tornando-se assim um deleite para os sentidos. Contém uma história de amor muito bonita que nasce entre dois seres completamente diferentes, de épocas distintas, mas acabam por ser aproximar… ACONSELHO!

Noites de Paixão – Cheryl Holt

 Sinopse:
“Kate Duncan concorda em ajudar a prima a conquistar um marido até que percebe que a jovem deseja usar uma suposta poção de amor para seduzir Marcus Pelham. Para provar que o elixir não passa de uma bebida sem qualquer efeito mágico, Kate bebe-o e vive o momento mais sensual da sua vida ao apanhar Marcus em plena sessão amorosa com outra mulher. Todos os nervos do corpo de Kate reagem ao observá-lo no meio das sombras, mas o despertar dos sentidos será uma consequência da poção ou do atraente homem? Felizmente, Marcus não repara que Kate o espia, ou pelo menos ela assim o pensa…
Na qualidade de conde de Stamford, Marcus tem a seus pés muitas mulheres. Contudo, nada o excitou tanto como a imagem de Kate a observá-lo. Marcus vai então tentar seduzir Kate e bebe, também ele, a poção. Contudo, o jogo assume contornos inesperados quando Marcus se vê verdadeiramente atraído pela inocente Kate. Ao ensinar-lhe a excitante arte da sedução, será que se apaixona perdidamente pela primeira vez? E será ele capaz de amar uma única mulher para o resto da vida?”
Este livro é muito engraçado e eu gostei muito! Lê-se muito facilmente, é uma história muito sensual e romántica. Tenho de confessar que fiquei surpreendida com alguma da linguagem utilizada pela autora, que é muito erótica. Mas no geral é um bom livro, com alguma intriga e muitaaaa paixão. Aconselho vivamente!

Desejos de Chocolate – Trisha Ashley

Sinopse:
“Na perfeita aldeia de Sticklepond, Lancashire, Chloe faz e vende chocolates deliciosos e inspiradores, que contêm uma previsão ou uma frase encorajadora para cada cliente. Se a sua vida fosse tão fácil de prever, talvez Chloe pudesse ter visto que iria ser abandonada junto ao altar…
Mas quando um novo vigário chega à aldeia, os rumores aumentam de intensidade. Para além de ser o carismático ex-líder da banda rock Mortal Ruin, Raffy Sinclair é também o primeiro amor de Chloe e o homem que lhe destroçou o coração. Por mais que tente, Chloe não consegue ignorar aquela aparição do seu passado. Poderá ter chegado agora o momento de pedir um desejo – e atrever-se a acreditar que este se pode transformar em realidade? 
Uma heroína simpática que faz chocolates, um irmão adolescente (e gótico), um avô escritor que é também feiticeiro, uma tia cigana que lê cartas de tarô e folhas de chá, um herói invulgar (e lindo!) e uma aldeia cheia de personagens excêntricas e adoráveis são os ingredientes deste encantador romance de Trisha Ashley.”
Este livro está recheado de personagens engraçadas, muito chocolate, romance e poções mágicas. Eu gostei do livro, mas apesar de tudo ouve coisas que não gostei, como por exemplo o facto do livro ser um pouco parado…só a partir da página 150 é que começa a se desenrolar mais a história. E também o suposto “herói” não é muito desenvolvido pela autora.

Casa da Noite – Perseguida (Volume V) – P. C. Cast and Kristin Cast

Sinopse:
“As boas notícias: Zoey conquistou os seus amigos de volta e a nova Stevie Ray já não é apenas um segredo de Neferet. As más notícias: um mal antigo com rosto de anjo foi libertado, com outras criaturas não tão angélicas. A avó Redbird está em apuros. Heath está em apuros. A Casa da Noite está em apuros. Na verdade, o mundo inteiro de Zoey está a ruir! Mas quando os problemas são desencadeados por um ser que aparenta personificar a própria beleza, em quem irá o mundo acreditar? Especialmente quando uma adolescente vampyra à frente de um grupo de marginalizados é a única a compreender o perigo que ele representa. Terá Zoey a força e a sabedoria para revelar a verdade?”
Eu gostei deste, foi o que li mais recentemente, é uma boa história, muito criativa e com muita acção também. Apesar de tudo, houve coisas que não gostei, como o facto de Zoey estar indecisa novamente entre 3 rapazes. A personagem parece estar a tornar-se numa “galdéria”! Estou cansada de todo o drama de beijar um e gostar de outro! Na minha opinião ela já devia começar a cimentar os seus sentimentos! É claro que eu queria que ela fica-se com o Eric, mas não me parece que isso vá acontecer num futuro próximo! O sexto volume já saiu e chama-se “Seduzida”, infelizmente ainda não o tenho, mas logo que o leia coloca aqui. De facto estou muito curiosa para saber o que vai acontecer!

Casa da Noite – Indomável (Volume IV) – P. C. Cast and Kristin Cast

Sinopse:
“A vida é dura quando os amigos nos viram as costas. Que o diga Zoey Redbird que, em uma semana, passou de três namorados para nenhum, e perdeu a confiança do seu grupo íntimo de amigos. E o pior é que Zoey sabe que a culpa é sua. Marginalizada por todos, ela não resiste a criar amizade com o novo aluno da Casa da Noite, o arqueiro olímpico James Stark. Entretanto, Neferet declarou guerra aos humanos depois do assassinato de dois vampyros mortos pelo Povo da Fé. Mas ao contrário das promessas da Sumo-Sacerdotisa, as últimas visões de Afrodite mostram um mundo cheio de violência, ódio e trevas. Zoey sabe que é errado lutar contra os humanos, mas quem está disposto a dar-lhe ouvidos? As aventuras de Zoey na escola de vampyros tomam um caminho perigoso em que as lealdades são testadas, e um antigo mal é despertado…”
Neste livro Zoey aproxima-se de Afrodite e tornam-se boas amigas. É mais um livro divertido, cheio de acção e suspense com novas reviravoltas. Mais uma vez provaram que a criatividade não tem fim e criam uma ligação entre as personagens muito boa. 

Casa da Noite – Escolhida (Volume III) – P. C. Cast and Kristin Cast

Sinopse:
“Forças tenebrosas dominam a Casa da Noite, onde as aventuras de Zoey Redbird tomam um caminho inesperado. Aqueles que aparentam ser amigos afinal revelam-se inimigos. E estranhamente, inimigos oferecem-lhe amizade. Assim inicia-se o terceiro volume desta série viciante onde a força de Zoey será testada como nunca antes. A sua melhor amiga, Stevie Ray, julgada morta, esforça-se por manter a sua humanidade. Zoey não sabe como ajudá-la, mas sabe que tudo o que fizer tem que ser mantido secreto na Casa da Noite. Como se não bastasse, Zoey encontra-se na rara e difícil posição de ter três namorados. E quando julgava que a sua vida não podia ser mais caótica, vampyros são encontrados mortos. Realmente mortos. Aparentemente, o Povo da Fé cansou-se de viver lado a lado com vampyros. Mas, como Zoey e os seus amigos irão descobrir, as aparências raramente reflectem a verdade…”
Para mim, este foi o mais emocionante. É neste que Zoey se depara com mais decisões difícies a tomar, o que torna tudo mais interessante. 
Esta é uma leitura ligeira, nada de “obra grandiosa”, é daquelas leituras para passar um bom bocado e se divertir. Confesso que esta saga é viciante e todos os finais nós deixam ansiosos para a chegada do próximo.