“A voz dos livros” – Um pequeno projecto!

Olá! Hoje trago uma novidade para vocês. Vocês não me conhecem, mas eu estudei Psicologia na Universidade e tenho um mestrado em Psicologia da Educação e adoro comunicar. Adoro falar para as pessoas e por isso achei que seria algo que me iria fazer muito feliz.
O mês passado surgiu a ideia de realizar um programa onde se fala-se de livros. A ideia foi-se construindo e fiz a proposta à rádio Calheta, que é a rádio do meu concelho – Calheta, Ilha da Madeira.
Como não queria fazer o programa sozinha porque, acima de tudo queria que o programa fosse interactivo, convidei uma amiga para participar deste projecto comigo. Ela aceitou!
E aqui estamos. Já gravamos 5 programas e até agora está a correr bem. Não fiz a divulgação aqui no blogue antes porque não sabia como ia correr, nem sabia se ia ficar bem. Mas agora, acho que com o passar do tempo e com a prática estamos a ficar um pouco melhores, por isso, quis divulgar cá para que se o quiserem ouvir, também o possam ouvir.

11051905_1071041832912280_7019905513870142942_n

Eu sou a que está de blusa de ganga e a Luísa é a outra jovem! O programa consiste basicamente em falarmos num livro que tenhamos gostado. Também colocamos músicas que nós lembrem o livro, que foram mencionadas nele ou mesmo que serviram de inspiração para o escrever. Além disso, em todos os programas temos um convidado novo que nós fala dos seus hábitos de leitura, de que género gosta de ler e por aí fora.

O programa vai para o ar todas as semanas, às quartas-feiras, às 10h da manhã. Podem ouvir online, através do site da Rádio Calheta aqui: Rádio Calheta.

Por favor, deixem críticas ou sugestões! Estamos interessadas em ouvir! :)

Deixo-vos com uma frase que me marcou durante a entrevista que fiz ao convidado de hoje, o Padre Silvano.

“É na leitura que nós bebemos o que sabemos, é na leitura que nós entramos em aventuras, é através da leitura que fazemos experiências de vida fora do nosso quotidiano. A leitura é para mim, um mergulhar no mais profundo do ser humano, é mergulhar no espírito, é viver o extrafísico.”

Só se ama uma vez – Johanna Lindsey [Divulgação ASA]

???????????????

Romance – Série Malory – VOL. I

SÓ SE AMA UMA VEZ

de Johanna Lindsey

PVP 16,90€

Ebook 9,99€

320 páginas

Regina Ashton já recusou tantos pretendentes à sua mão que a alta-sociedade londrina a considera uma snobe sem coração. Não podiam estar mais enganados. Órfã desde cedo, Regina é a sobrinha superprotegida de Lord Edward e Lady Charlotte Malory, a quem é muito difícil agradar. Aos olhos dos tios, nenhum dos jovens candidatos é suficientemente bom. Cansada de tão infrutífera busca, a jovem sai de casa numa noite escura, decidida a informá-los de que não pensa casar… nunca! Mas o seu plano coloca-a no sítio errado à hora errada, e é raptada por engano. A sua ira perante a arrogância do raptor, Nicholas Eden, vai inesperadamente dar lugar a sentimentos contraditórios de paixão e vergonha. Aquela noite não mais lhe sairá da cabeça.

O Visconde Nicholas Eden também tinha um plano: dar uma lição à sua amante descontente, raptando-a ao abrigo da noite. Não contava enganar-se na pessoa e arruinar a reputação de uma menina de família. Mas agora, movido pelo desejo mais desenfreado que alguma vez sentiu, é a custo que reconhece que nunca poderá casar com Regina, apesar do escândalo que paira sobre eles.

Implacável, é o destino que os uniu a afastá-los irremediavelmente, ainda que ambos saibam que um amor assim só se vive uma vez…

Johanna Lindsey já vendeu mais de cinquenta milhões de exemplares das suas obras, traduzidas em doze línguas. Tendo escrito mais de quarenta romances (todos eles um sucesso de vendas), é uma das escritoras românticas mais conhecidas no mundo inteiro. Os seus romances históricos abrangem todo o tipo de épocas e lugares, desde a Idade Média ao Velho Oeste americano, mas a série que mais sucesso lhe granjeou foi a saga da família Malory, do período da Regência.

TOPSELLER: A Estação da Paixão

unnamed (3)

A sua vida pessoal está envolta em mistério, uma vez que, para evitar exposição pública, muito pouco se sabe a seu respeito. Porém, os livros de Sadie Matthews têm alcançado um êxito estrondoso na exploração do lado mais íntimo e sensual das relações humanas.

Depois de A Estação do Desejo, primeiro volume da Trilogia Seasons, já chegou às livrarias A Estação da Paixão (Topseller l 304 pp l 16,99€), segundo volume de uma série de romances sensuais e provocantes que irá despertar os sentidos dos leitores.

Uma história romântica e provocante sobre as fronteiras do amor e os abismos da submissão.

A Topseller disponibiliza os primeiros capítulos para leitura imediata, aqui.

SINOPSE

Flora Hammond encontra‑se a estudar representação em Paris, perseguindo o sonho de se tornar atriz. Mas não é fácil escapar às atenções públicas que o seu privilegiado estatuto desperta, muito menos lidar com um pai poderoso e obcecado com a segurança das filhas. Para piorar as coisas, a sua irmã mais nova, Freya, acaba de fugir com o guarda‑costas.

Enquanto tenta lidar com o que se passa na sua família, Flora conhece Andrei Dubrovski, um misterioso homem de negócios, e uma escaldante atração emerge entre eles. Apesar de avisada para os riscos desse envolvimento, Flora não é capaz de lhe resistir.

Nesse novo mundo que se revela, a paixão entre Flora e Andrei parece ultrapassar a cada dia novos limites. E nada a faz serenar. Nem o vislumbre da dor.

unnamed (4)

VOGAIS: Os truques das mulheres francesas na educação dos filhos

unnamed

«Um olhar extremamente interessante sobre um modo mais calmo, racional e sábio de educar crianças.» – Publishers Weekly

«Fascinante, envolvente, engraçadíssimo, o livro de Druckerman é uma correção extremamente necessária ao que nos foi ensinado sobre educação de crianças e sobre as transformações causadas pelos filhos à identidade da mulher.» – The Sunday Times

Em As Crianças Francesas Não Fazem Birra, a jornalista americana Pamela Druckerman, que tem uma coluna no New York Times sobre o tema, apoiou-se na sua vivência pessoal para desvendar os segredos dos parisienses na educação dos seus filhos, abrindo a janela para uma sociedade onde as crianças dormem bem, comem bem e, em geral, portam-se bem.

No seu novo livro, As Crianças Francesas noDia a Dia (Vogais l 160pp l 14,39€) a autora compilou toda a sabedoria da educação francesa em 100 dicas preciosas, apresentadas de forma simples e concisa, que mostram de que forma os pais franceses agem perante as situações comuns do dia a dia:

Como ensinar o seu filho a ter paciência? • Como fazer com que ele coma verduras e legumes? • Como encorajar o seu bebé a dormir a noite toda?
É possível ter um filho e, ainda assim, ter vida social e momentos românticos a dois? • e muito mais.

Dividido em 10 temas principais, incluindo comer, dormir ou os segredos da maternidade, este livro revela as lições intemporais desenvolvidas pelos pais e educadores franceses, apresentando ainda uma breve discussão sobre as mesmas. No final, encontrará menus completos com as receitas preferidas das creches parisienses.

Espirituoso, conciso e repleto de bom senso, este livro oferece uma mistura de dicas e princípios orientadores intemporais para ajudar cada pai a encontrar as soluções ideais para a sua família.

unnamed (1)unnamed (2)

5 Sentidos – “Atraída”, o novo romance de Sylvia Day‏

1069330_1423149467_3

Título: Atraída
Autor: Sylvia Day
Tradução: Cláudia Ramos
Págs: 400
Capa: mole com badanas
PVP: 16,60 €
5 Sentidos publica quarto livro da série de
sucesso Crossfire

É uma notícia esperada por milhares de fãs em Portugal: Atraída, o novo romance de Sylvia Day, autora da série de sucesso Crossfire, que vendeu mais de 16 milhões de livros no mundo inteiro, chega às livrarias portuguesas a 27 de março.

Líder das principais listas de vendas internacionais, a série Crossfire, protagonizada por Eva e Gideon, era composta, até ao momento, pelos livros Rendida, Refletida e Envolvida. A 5 Sentidos também publicou, em 2014, Feitiço, uma obra que se enquadra fora desta série, mas em tudo próxima no que toca a momentos de enorme sedução.
Sylvia Day publicou em ebook, com grande sucesso, a série Crossfire, que despertou o interesse das maiores editoras internacionais.
Recentemente, os famosos estúdios Lionsgate adquiriram os diretos para adaptação à televisão. Atraída teve uma primeira tiragem, só nos Estados Unidos, de um milhão de exemplares.

Sinopse:
Para Gideon, eu sou um anjo, mas ele é o verdadeiro milagre na minha vida: é o meu guerreiro, arrebatador e ferido, tão determinado em acabar com os meus demónios como hesitante em enfrentar os seus. Os votos que trocámos deviam ter-nos unido mais do que tudo, mas, em vez disso, abriram feridas antigas, expuseram dores e inseguranças, e tiraram da sombra velhos inimigos. Sinto que ele me está a escapar; os meus maiores medos começam a tornar-se reais; o meu amor é testado de formas que nunca julguei conseguir suportar.
No melhor momento das nossas vidas, as sombras do passado invadiram e ameaçaram tudo aquilo por que tanto lutámos. Enfrentámos então uma escolha terrível: a familiar segurança das vidas que tínhamos antes de nos apaixonarmos ou a luta por um futuro que, de repente, parecia um sonho impossível e sem esperança.

Sobre a autora:
Sylvia Day é autora n.º 1 nas listas de bestsellers do New York Times e bestseller internacional de cerca de 20 romances premiados e publicados em mais de 40 países. Autora de eleição para seguidores de vários géneros, é bestseller em 27 países e conta já com dezenas de milhões de livros impressos em todo o mundo.
Os direitos para televisão da série Crossfire foram adquiridos pela Lionsgate.

Saiba mais sobre a autora em: http://www.sylviaday.com e
facebook.com/authorsylviaday e ainda twitter.com/sylday

5 sentidos

BOOKSMILE: De rejeitado pela NASA a autor bestseller

unnamed (4)

«Um thriller cómico, cheio de mauzões, ação e montes de humor.» – Sunday Express
«Uma escapadela exuberante, ao estilo negro de Roald Dahl.» – Financial Times
«Excitante, inteligente e em tudo brilhante.» – Sunday Telegraph

Mark Walden trabalhou durante dez anos na produção de videojogos, quando finalmente concluiu que era altura de arranjar um trabalho a sério. Como foi rejeitado pelo programa de treino de astronautas da NASA, decidiu que talvez fosse engraçado tentar escrever um livro. E assim nasceu H.I.V.E.

H.I.V.E. 1: Híper Instituto de Vilania Extraordinária (Booksmile l 288 pp l 13,99€l 11+), já à venda nas livrarias nacionais (Oferta de uma caneta invisível com luz negra para leitura) é o primeiro volume de uma coleção onde são os vilões que têm destaque. Com seis volumes já publicados, estes livros são um sucesso mundial e prometem conquistar os jovens leitores portugueses que gostam de ação e suspense e que devoram livros de autores como Robert Muchamore (Série Cherub).

H.I.V.E. ou Híper Instituto de Vilania Extraordinária é uma escola supersecreta de vilania aplicada onde jovens com um dom precoce para o mal desenvolvem os seus talentos. Afinal de contas, «os vilões têm as melhores engenhocas e usam os fatos mais fixes».

O problema é que os alunos estão lá contra a sua vontade, e não podem sair antes de se formarem. E nenhum vilão gosta de estar encarcerado! Dois novos alunos destacam-se: Otto Malpense e Wing Fanchu. São ambos excecionais, cada um ao seu estilo, e não estão nada interessados em ser aprisionados durante seis longos anos… Se pensas que ser espião é uma aventura, espera só até descobrires o que é ser vilão!

unnamed (5)

BOOKSMILE: James Patterson, o autor mais bem-sucedido da última década, é bué cómico!

unnamed

“Nobel? Nah. Deixo isso para os outros, quero é pôr os miúdos a ler.” Quem o diz é James Patterson e explica na perfeição qual a missão de vida do autor americano, considerado o mais bem-sucedido da última década! Este ano, Patterson já doou 1,25 milhões de dólares a bibliotecas escolares e ofereceu 100 mil exemplares do seu mais recente livro infantojuvenil para serem distribuídos pelas escolas mais carenciadas nos EUA.

Conseguir com que os miúdos ganhem o gosto pela leitura é «mais difícil do que ganhar um nobel», acredita Patterson. Mas, a verdade é que os seus livros, destinados ao público infantojuvenil, têm seguido exatamente as mesmas pisadas do que os livros para adultos e jovens adultos: são todos bestsellers.

E, não há nada que James Patterson não faça para chamar a atenção dos miúdos. Espreite o site de James Patterson, veja os booktrailers dos livros infantis, e descubra porque o autor mais bem-sucedido em todo o mundo, com 360 milhões de livros vendidos, não tem, pese o estatuto, qualquer pudor em revelar o seu lado mais… infantil.

unnamed (1)

Foi com a coleção Escola: Os Piores Anos da Minha Vida, também publicada em Portugal pela Booksmile, que James Patterson se iniciou no fantástico mundo da escrita para o público mais difícil de conquistar. Seguiu-se a série Eu Cómico (22 mil exemplares vendidos em Portugal) cujo terceiro volume já chegou às livrarias nacionais: Eu Cómico 3: Eu Mega Cómico (Booksmile l 328 pp I 15,49€).

Esta é a terceira aventura de Jamie Grimm, o rapaz que, preso numa cadeira de rodas, continua em busca do seu sonho: fazer stand-up comedy e vencer o concurso de «O Miúdo Mais Cómico do Mundo». Já todos sabem que o miúdo é cómico. E ele até já mostrou que consegue ser bué cómico. Mas será Jamie Grimm capaz de ser mega cómico?

Mal consigo acreditar que eu, Jamie Grimm, consegui chegar à final do concurso «O Miúdo Mais Cómico do Planeta». Em Hollywood! A competição é feroz, os concorrentes usam todos os trunfos que podem — até aqueles mais sujos — e no meio disto tudo a minha cidade foi arrasada por um furacão. Mas não há nada que uma boa gargalhada não resolva.

Agora, mais do que nunca, tenho de ganhar este concurso e provar que consigo ser MEGA CÓMICO! Não acreditas? Pega neste livro e vais chorar de tanto rir!

unnamed (2)unnamed (3)

JAMES PATTERSON

James Patterson já criou mais personagens inesquecíveis do que qualquer outro escritor da atualidade. É o autor dos policiais Alex Cross, os mais populares dos últimos vinte e cinco anos dentro do seu género. Entre os seus maiores bestsellers estão também as coleções Private: Agência Internacional de Investigação, The Women’s Murder Club (O Clube das Investigadoras) e Michael Bennett.

James Patterson é o autor que mais livros teve até hoje no topo da lista de bestsellers do New York Times, segundo o Guinness World Records. Desde que o seu primeiro romance venceu o Edgar Award, em 1977, os seus livros já venderam mais de 360 milhões de exemplares.

Patterson escreveu também diversos livros para leitores jovens e jovens adultos, de grande êxito, entre os quais estão as séries Confissões, Maximum Ride, Escola e Eu Cómico.
Em Portugal, James Patterson é publicado pela Topseller (adulto e jovem adulto) e pela Booksmile (juvenil).

A Educação de Felicity – Marion Chesney [Opinião]

transferir

Opinião:

A educação de Felicity é o primeiro livro de uma série intitulada “Academia de Etiqueta” e é completamente diferente dos romances de época dos quais temos vindo a ser agraciados pelas editoras portuguesas. Inocência será sem dúvida a palavra mais adequada para descrever este primeiro volume já que o livro é bastante conformista com as regras da sociedade da época vigente.

Este livro, apesar de bastante diferente do que se esperava, prima pelo seu humor. É visível em todas as situações do livro o cuidado da autora de o manter num tom mais leve, abordando desta forma a forma de viver de alguns anos atrás.

Os personagens são todos peculiares, cada um mais estranho que o outro. No entanto, as irmãs Tribble levam o troféu de personagens mais divertidas, corajosas e originais! Apesar do romance que se vive entre Lady Felicity e o Marquês Ravenswood ser também motivo de interesse, sem dúvida que é o tratamento que estas duas irmãs dão a Lady Felicity o ponto forte deste livro.

Aguardo com ansiedade o segundo livro desta série, não apenas para conhecer a segunda sortuda que irá se transformar em bela princesa mas também para rever as aventuras destas tão queridas e peculiares irmãs!

3.5*

Sinopse:
Numa época em que as mulheres da nobreza só dispõem de duas opções – casar ou esperar que um parente rico morra – as irmãs Tribble não têm sorte nenhuma. Não só ainda não encontraram o amor como, após anos de bajulação a uma intratável tia velha, veem o seu nome apagado do testamento aquando da sua morte.
As românticas Amy e Effie Tribble sonhavam com ricos jantares de carne assada e batalhões de criados aduladores mas agora estão oficialmente na penúria. Ironicamente, é neste cenário desolador que lhes ocorre uma ideia brilhante: colocar a sua educação esmerada ao serviço das jovens mais “difíceis”, apresentá-las à sociedade e arranjar-lhes casamento.
Não contavam que a sua primeira cliente fosse Lady Felicity Vane, cuja rebeldia ameaça enlouquecer a sua própria mãe e arruinar o projeto sentimental de Amy e Effie. A jovem prefere caçar com os amigos a pensar em casar. Mal ela sabe que o seu suposto pretendente é o homem que mais a irrita (e que mais irritado se sente por ela). Felicity nunca admitirá que o seu coração treme ao ver Charles Ravenswood, principalmente porque o elegante marquês parece não ter paciência nenhuma para as suas extravagâncias. O clima entre ambos é tão tenso que, se soubessem o que as irmãs planeiam, o resultado seria, no mínimo, desastroso…

Pensamentos #2

Decidi escrever este post porque sinto que estou em falta com vocês. Cada vez menos escrevo opiniões, cada vez menos faço divulgações e cada vez menos faço passatempos. Peço desculpa. A verdade é que não tenho tido vontade nenhuma de escrever seja lá o que for…

As leituras também andam mais lentas e tenho lido muito pouco. Continuo desempregada e não tem sido fácil. Apesar de eu ser uma pessoa positiva e ter uma vida boa, com pessoas maravilhosas à minha volta, gostaria imenso de me sentir realizada profissionalmente. Gostava de ser independente financeiramente.

11045844_1149859231721105_2026628476935689067_n

Prometo que a partir da próxima semana vou me organizar e vou tentar manter o blogue mais activo, tentando assim dar a atenção que vocês merecem.

10393594_1146753355365026_1139908386202679825_n

Vou Amar-te Para Sempre – Monica Murphy [Opinião]

10941022_593989464067680_8737408135443059638_n

Opinião:

“Vou amar-te para sempre” é a continuação do livro já publicado anteriormente pela Topseller, “Uma semana para te amar” e continua a história de amor entre Fable e Drew. No livro anterior o final deixa tudo em aberto quando ambos voltam para a cidade onde vivem e acabam por se separar.
Ambos continuam com a sua vida, mas será que estão bem? Estão felizes? Será que realmente tomaram a melhor opção? Fable arranja um emprego melhor, e é aqui que o leitor conhece novas personagens que darão mote ao próximo livro. E é nesse novo emprego que volta a se reencontrar com Drew.

Drew sabe que não deveria ter deixado Fable para trás. Apesar de estar a tentar seguir com a sua vida sente muitas saudades dela e quando a vê sabe que tem que pedir-lhe perdão e fazer com que ela volte para ele. E é assim que começa o desenrolar da continuação do romance entre ambos. No entanto, quando ambos julgavam que o passado não voltaria para assombrá-los é quando ele volta em força trazendo mais destruição na vida de ambos.

Tenho de ser realmente honesta na minha opinião ao dizer que este livro ficou aquém do primeiro livro. Este foi de leitura mais morosa enquanto que o primeiro deixa o leitor completamente viciado. Neste livro parece que na primeira parte acontece tudo muito devagar e depois os acontecimentos sucedem-se muito rapidamente.

No entanto, apesar desta parte negativa o livro não deixou de me conquistar já que traz Drew e Fable novamente à minha vida. Gostei de ver o relacionamento de ambos crescer e tornar-se mais adulto. Também gostei de ver Fable tornar-se uma mulher mais responsável assim como com um emprego muito melhor. Aqui está a parte mais positiva desta história sem dúvida.

Também saliento os novos personagens que conhecemos neste livro que serão as personagens principais do próximo livro e que me deixaram super curiosa. Será que a Topseller irá continuar a apostar nesta série? Eu espero que sim porque vale a pena!

3*

Sinopse:
Perder. Tudo na minha vida se resume a esta palavra doentia. O meu treinador culpa-me por termos perdido os jogos decisivos da temporada. E o resto da equipa também. Passei os últimos dois meses completamente perdido e fechado sobre o meu desespero, como um autêntico fracassado. E perdi a minha namorada — Fable, a única rapariga que alguma vez mexeu comigo — por não me achar suficientemente bom para ela e por não querer magoá-la.
Agora sei que deixá-la foi um erro e, ao ser cobarde, fui eu quem mais perdeu. Mas, mesmo que ela finja que está tudo bem e que seguiu com a sua vida, sei que ainda pensa em mim. Conheço-a demasiado bem. Raios… Ela é tão frágil que tudo o que eu mais quero é estar por perto para protegê-la… para abraçá-la… para amá-la.
Só preciso que ela me dê mais uma oportunidade. Estamos perdidos, um sem o outro, mas eu sei que juntos podemos viver um amor incomparável, para sempre.