Histórias poderosas e inspiradoras

A Separacao.jpg

Depois da publicação de A Mulher do Plantador de Chá, Dinah Jefferies, um dos nomes mais consagrados da literatura de época, apresenta-nos uma história apaixonante de uma família destruída por mentiras, em que o amor de uma mãe consegue suplantar a distância e o tempo.

Sinopse:

O que acontece quando mãe e filhas são separadas?

Malásia, 1955. Lydia Cartwright regressa a casa, onde apenas o vazio a espera. Os criados, o marido e, o pior de tudo, as filhas foram-se embora sem deixar rasto. Desesperada e sem rumo, ela contacta o patrão do marido à procura de pistas. Eles estão bem, diz-lhe. Estão noutra região do país. Mas algo não bate certo. Porque é que não esperaram por ela? Porque é que não lhe deixaram uma carta a explicar a mudança? Continuar a ler

Anúncios

​«Uma história elétrica, engraçada e aterrorizadora de uma das vozes únicas do género.» Kirkus Reviews

Normal.jpg

«Uma história elétrica, engraçada e aterrorizadora de uma das vozes únicas do género.» Kirkus Reviews

 Sinopse:

O que será que se esconde por trás de uma fachada de normalidade?

Há dois tipos de profissionais que se ocupam do futuro: os estrategistas de tendências, que procuram organizar as cidades para sobreviver ao inevitável colapso da sociedade, e os previsores de estratégias, mais preocupados em preparar cada um dos seus clientes. Os primeiros são pagos por caridades e ONG, os segundos por empresas de segurança e corporações. Continuar a ler

A Condessa Acidental, de Valerie Bowman

A Condessa Acidental.jpg

Depois do sucesso de A Duquesa Inesperada, Valerie Bowman traz uma nova história, mas com as habituais caraterísticas de que as leitoras tanto gostam: ao contrário do habitual, são duas mulheres que disputam a atenção de um homem. Além disso, para escrever as suas narrativas, Valerie Bowman inspira-se em clássicos da literatura. Em A Condessa Acidental é The Importance of Being Earnest, de Oscar Wilde, a sua fonte de inspiração.

 Sobre A Condessa Acidental:

Uma história de amor encantadora, inteligente e espirituosa. Continuar a ler

Novidades Planeta – Setembro 2017

Capa_MulherMeuMarido.jpg

A MULHER DO MEU MARIDO
Jane Corry  

Uma montanha-russa de emoções, intriga e mistério.
E se a sua vida foi construída sobre uma mentira?
A estreia electrizante de um novo talento internacional no género do
suspense psicológico.

Mais de 100 000 exemplares vendidos em Inglaterra.

Best-seller do Sunday Times
Kindle top 10 bestseller
PRH bestselling debut fiction audiobook of 2016

Várias semanas no Top Publishers Weekly Continuar a ler

Almanaque Steampunk 2017

capa_final_frente.png

O Steampunk é um sub-género fantástico de natureza retro-futurista que deixa a criação de um mundo único pousar em bruto na palma das nossas mãos. Isso é bem espelhado no Almanaque que têm diante de vós, através de obras de incautos fãs, artistas e curiosos que presenteiam o vosso olhar com fantasias utópicas, mundos alternativos e curiosidades de um tempo outrora perdido ou, porque não, só agora descoberto. Assim, por entre o vapor das máquinas, a sinfonia dos metais e as descobertas de aventureiros intrépidos, convidamos-vos a juntarem-se a nós nesta expedição por este fantástico mundo.

Pode comprar aqui: http://divergencia.pt/loja/almanaque-steampunk-2017/

Desejo Concedido – Megan Maxwell [Opinião]

34849778.jpg

Opinião:

Megan Maxwell é a autora espanhola, já bem conhecida do público português, com as suas histórias bem “calientes”. Eu já li outras sagas da autora e gostei muito, mas neste registo histórico é a primeira vez.

Neste “Desejo Concedido” conhecemos Megan, a sua irmã Shelma e o seu irmão Ray. São filhos de mãe escocesa e pai inglês…o que à partida é já um problema porque todos nós conhecemos a rivalidade entre os ingleses e os escoceses. Por esta razão nunca se sentiram bem nem na Inglaterra, nem na Escócia porque nunca foram bem acolhidos em nenhum dos lados. Depois de lhes terem assassinado os pais, ficam a viver com uns tios que as tratam muito mal. Adolescentes rebeldes sempre lutam pelo que lhes é de direito, mas um grave acontecimento muda tudo e elas acabam por fugir e ir morar com o avô que é já idoso. Quando este morre, as irmãs, juntamente com o irmão mais novo acabam abandonadas à sua sorte. Mas o temível Falcão, como é conhecido o highlander Ducan McRae tinha feito uma promessa ao avô de ambas e é assim que Megan vê-se casada com ele e a sua irmã Shelma casada com o amigo deste, o highlander Logan.  Continuar a ler

Novidades: LIVRO DO GALO de Jorge Reis-Sá

Capa_livro_galo-Low.jpg

O GUIA PARA ENCONTRAR A
FELICIDADE DE SER PORTUGUÊS

SINOPSE
Diz-se que Portugal é o país da melancolia, do «quase», do «vai-se andando». O Livro do Galo mostra-nos a forma peculiar, e bem lusitana, de estarmos felizes – mesmo que o
não saibamos, «porque o português é feliz estando triste.
Porque o português é triste estando feliz».
Do sol ao mar, da comida ao desenrascanço, da língua à maledicência, da seriedade da literatura à obsessão com a Selecção Nacional, este livro, repleto de humor e perspectiva. Mas o Livro do Galo é também um guia, passo a passo, para encontrar a felicidade de ser português, ajudando o leitor a lidar com a melancolia, a ciclotimia ou até a histeria (no trânsito), porque, como diz o Galo, «ser feliz à portuguesa é perceber que Continuar a ler